No primeiro debate presidencial do ciclo eleitoral de 2024, o atual presidente Joe Biden e o ex-presidente Donald Trump se enfrentaram em um evento moderado pela CNN em Atlanta. O debate, que durou 90 minutos, foi marcado por respostas confusas de Biden devido a um resfriado, enquanto Trump fez alegações consideradas enganosas e desafiou as políticas de seu sucessor.

Os candidatos abordaram temas econômicos, aborto, Oriente Médio, e o ataque ao Capitólio de 6 de janeiro, além do recente julgamento criminal de Trump. Biden criticou a gestão de Trump durante a pandemia e a economia, enquanto Trump se defendeu afirmando que sua presidência teve a “maior economia da história”.

Ambos os candidatos trocaram acusações sobre imigração, com Trump criticando a política de fronteira de Biden e Biden contestando suas afirmações sobre terrorismo e imigração ilegal.

A saúde de Biden foi mencionada, com fontes confirmando que o presidente estava lidando com um resfriado, afetando sua voz durante o debate. A resposta de Biden sobre Medicare foi destacada por sua dificuldade em articular uma resposta clara.

O debate concluiu com Trump se recusando a afirmar se aceitaria os resultados eleitorais de 2024, relembrando suas contestações à eleição de 2020.

A performance de Biden gerou preocupação entre os democratas, alguns dos quais expressaram insatisfação com sua energia e clareza durante o evento.

O próximo debate está agendado para ocorrer no próximo mês, conforme a campanha presidencial de 2024 continua a se desenvolver.