Um vírus criado por especialistas em computação aproveitou as capacidades do ChatGPT para gerar mensagens, escapar das ferramentas de detecção e se espalhar, mostrando como os bots inteligentes podem ser usados de forma maliciosa. Detalhes sobre o experimento foram divulgados no final de junho na plataforma arXiv.

No experimento, o pós-graduando em Ciência da Computação, David Zollikofer, e o pesquisador de malware, Ben Zimmerman, desenvolveram um arquivo que infecta PCs na forma de um anexo de e-mail. Eles pediram ao modelo de IA generativa da OpenAI que reescrevesse o código, alterando as nomeações das variáveis e a sua lógica.

Leia mais…



Source link