O home office vêm se tornando uma opção cada vez mais atrativa para os profissionais brasileiros. Os benefícios de trabalhar em casa experimentados durante a pandemia do Covid-19, agora são critérios para que trabalhadores permaneçam ou troquem de empregador.

As regiões Sudeste e Sul concentram a maior parte das oportunidades de emprego em casa. De acordo com o Infojobs, site de emprego referência no Brasil, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná se destacam com 36,3%, 23,6% e 10,9% das ofertas de vagas, respectivamente.

A CEO do Infojobs, Ana Paula Prado, ressalta que o trabalho remoto pode impulsionar as empresas a serem mais flexíveis nesse formato, especialmente em áreas como Marketing e TI.

Então, se você está buscando as melhores profissões para atuar no conforto do lar, continue a leitura e conheça as oportunidades em alta para o home office!

1. Desenvolvedor(a) de softwares e aplicativos

Um desenvolvedor de softwares e aplicativos é responsável por projetar, desenvolver e manter programas de computador e aplicativos móveis.

Os requisitos mais comuns que as empresas exigem para essa posição incluem conhecimento sólido de linguagens de programação e experiência em desenvolvimento de aplicativos para desktop, web e mobile (iOS e Android);

A profissão de desenvolvedor de sistemas está em alta nos dias de hoje. Até a data de publicação desse artigo, o LinkedIn anunciava mais de 4 mil vagas remotas!

2. Engenheiro(a) de cibersegurança

Responsável por proteger sistemas de informação e redes contra ameaças cibernéticas, o(a)  engenheiro(a) de cibersegurança garante a confidencialidade, integridade e disponibilidade dos dados em uma empresa.

A demanda é alta por profissionais especializados em cibersegurança.A demanda é alta por profissionais especializados em cibersegurança.Fonte:  GettyImages 

O salário médio para essa função é de R$ 5.189 por mês. Para desempenhar suas principais atividades, é preciso que o currículo do profissional tenha experiência em ferramentas de segurança cibernética, como SIEM (Security Information and Event Management), antivírus, firewalls, entre outros.

3. Analista de sistema

Ainda dentro da área de TI, a vaga de analista de sistemas se destaca no mercado de trabalho à distância. O trabalho envolve análise de negócios para identificar problemas e oportunidades de melhoria de acordo com os requisitos do usuário final.

Para isso, é importante ter conhecimento em linguagens de programação, habilidades de análise e resolução de problemas e familiaridade com metodologias de desenvolvimento de software, como Agile ou Scrum.

4. Product Manager (Líder de produto)

Os setores de mídia, tecnologia e financeiro são os mais atrativos para quem desejar atuar como Product Manager (PM) fora do escritório.

O líder de produto atua como uma ponte entre as equipes de desenvolvimento, marketing, vendas e clientes, garantindo que o produto atenda às necessidades do mercado e alcance os objetivos de negócio.

Em 2023, a profissão esteve em alta com 45% das oportunidades oferecendo trabalho remoto e salário médio de R$ 12 mil por mês em São Paulo.

5. Gestor(a) de tráfego

Um gestor de tráfego é conhecido por planejar e executar campanhas de marketing digital para aumentar o tráfego nos canais online da empresa, como website, mídias sociais e e-mail marketing.

Por isso, é essencial que o profissional saiba definir e implementar estratégias de aquisição de tráfego pago e otimização de mecanismos de busca (SEO). Assim como, monitorar o desempenho das campanhas através de métricas como cliques, impressões, taxa de conversão e retorno sobre o investimento (ROI).

6. Social Media

O social media, ou gestor de mídias sociais, é uma das profissões que mais cresceram nos últimos anos, desde na oferta de capacitação até demanda nas empresas que desejam ter uma presença online positiva para se conectar com seu público-alvo.

Para se diferenciar no mercado, o profissional social media deve ter a habilidade de trabalhar com dados e estratégias que envolvem a organização como um todo – seja atuando como CLT ou freelancer.

7. Web designer

O cargo de web designer tem como  função comandar a criação da aparência visual e a experiência do usuário de sites institucionais, e-commerces, blogs e aplicativos da web.

As atividades mais comuns de serem exigidas são customização de sites WordPress e conhecimento em design responsivo, SEO, testes de usabilidade e performance.

8. Editor(a) de vídeos

A relevância dos materiais audiovisuais na internet é um dos motivos que colocam o(a) editor(a) de vídeos com uma das melhores profissões para o home office com maior demanda no mercado.

Invista em cursos de softwares de edição de vídeo, como Adobe Premiere Pro.Invista em cursos de softwares de edição de vídeo, como Adobe Premiere Pro.Fonte:  GettyImages 

Se desejar seguir nesse nicho, lembre-se de atualizar seu portfólio constantemente para que ele demonstre sua evolução em edição de vídeo com exemplos de projetos anteriores bem-sucedidos.

9) Analista de dados

A formação em Estatística, Ciência da Computação ou área relacionada pode te ajudar a consolidar sua carreira como analista de dados trabalhando remotamente.

Os requisitos mais comuns para essa posição incluem conhecimento em ferramentas de análise de dados, como SQL, Python, R, SAS, Tableau e Power BI, além de técnicas de machine learning e data mining.

E aí, gostou das dicas de hoje? Continue navegando no portal e saiba o que você precisa saber antes de migrar de carreira para a área de TI!



Source link