Além disso, o futuro é “made in India”?