Várias universidades fecharam acordos com manifestantes pró-palestinos para acabar com acampamentos perturbadores nos seus campi. Mas alguns desses acordos já estão sob ataque.