A Microsoft pretende expandir suas plataformas de inteligência artificial para apps de terceiros. Em documentação oficial flagrada pelo site Windows Latest, a empresa detalha como desenvolvedores podem implementar modelos em programas construídos para o Windows 11.

Na documentação intitulada “FAQ sobre o uso de IA em apps para Windows” , a Microsoft sugere meios para adicionar inteligência artificial em apps — modelos baseados em processamento local ou baseados em cloud.

Para aceleração na máquina, a empresa menciona a possibilidade de utilizar um modelo pré-existente ou criar um próprio, usando plataformas como TensorFlow ou PyTorch.

A Microsoft quer que desenvolvedores implementem IA em seus próprios apps.A Microsoft quer que desenvolvedores implementem IA em seus próprios apps.Fonte:  GettyImages 

Para compor apps para Windows, a MS recomenda o framework OnnxRuntime. A documentação menciona métodos para melhorar a performance de IA nos programas, os requisitos mínimos aconselhados e define como o desenvolvedor deve lidar com a privacidade dos usuários.

No documento, a empresa sana dúvidas gerais de desenvolvedores, destrinchando significado de termos utilizados com frequência, tais como Modelo de Linguagem de Larga Escala (LLM, na sigla em inglês), WinML, aceleração de hardware (relacionado ao treinamento de modelos). O FAQ até a explica a diferença entre profissões relacionadas ao desenvolvimento de apps, incluindo cientista de dados, engenheiro de aprendizagem de máquina e programador.

De forma geral, a nova documentação não revela nada de novo, mas demostra interesse da Microsoft em abraçar inteligência artificial não só em seus próprios apps, como também em programas preparados para o Windows.

Apoio importante

Ainda que a documentação da Microsoft não antecipe nenhuma novidade, ela prepara terreno para que desenvolvedores implementem IA em seus próprios programas, assim expandindo as possibilidades da tecnologia.

Naturalmente, vai levar algum tempo até o público conferir os frutos desse reforço da Microsoft. Portanto, se inteligência artificial e suas facilidades realmente chegaram para ficar, logo mais apps terão recursos inéditos aproveitando o potencial dos modelos mais avançados.

Se você é um desenvolvedor e quer entender mais sobre a implementação dessas ferramentas, vale conferir o FAQ da Microsoft. Existe uma versão em português da documentação, mas a edição em inglês é mais completa em conteúdo.



Source link