A Microsoft corrigiu um bug que impedia migrar do Windows 10 para o Windows 11 em computadores compatíveis. O problema causava telas azuis da morte (BSOD, na sigla em inglês) após a instalação, algo recorrente o suficiente para chamar a atenção da empresa que, para poupar os usuários de dores de cabeça, bloqueou totalmente o update.

O problema foi descoberto em novembro de 2021 e, desde então, a atualização foi suspensa pela Microsoft. O bug afetava PCs equipados com processadores Intel Core de 11ª geração.

Para corrigir o problema, a Microsoft distribui uma atualização de driver pelo Windows Update.Para corrigir o problema, a Microsoft distribui uma atualização de driver pelo Windows Update.Fonte:  Getty Images/Reprodução 

Segundo a Microsoft, o problema acontecia devido a uma falha de compatibilidade com drivers Intel Smart Sound Technology (SST) que, quando instalados na versão 10.29.0.5152 ou 10.30.0.5152, geravam as telas azuis durante o uso normal. A única forma de corrigir o problema era instalar uma versão mais recente a partir da página oficial da Intel.

Bug foi corrigido com novo update

Agora, como solução, a Microsoft distribui uma atualização do driver da Intel através do Windows Update, mecanismo de atualização do SO. Depois da conclusão do update, o usuário será notificado de que o computador está pronto para instalar o Windows 11.

Ainda que a atualização de driver solucione o problema, a Microsoft sugere que usuários não migrem do Windows 10 para o 11 de forma manual, nem mesmo pela ferramenta Media Creation Tool. O ideal é esperar pelo update pela ferramenta nativa do sistema.

Por se tratar de um problema grave, a empresa deve acelerar na distribuição do update.



Source link