A Microsoft vem tomando algumas medidas que não tem agradado em nada a sua comunidade. Após demitir mais de 1.900 funcionários só em 2024, no início desta semana a gigante norte-americana também anunciou o fechamento de quatro estúdios importantes. Mas a resposta dos fãs da marca veio de alguma forma: estão bombardeando a base de Phil Spencer em Fallout 76.

Caso você não saiba, a missão do Enclave “I Am Become Death”, em Fallout 76, mostra você entrando em um bunker para eliminar um monte de robôs, que dão acesso a um centro de controle de lançamento.

Nela, você pode inserir um cartão-chave e um código de lançamento descriptografado para detonar uma ogiva nuclear. Com isso, um jogador não perdeu tempo e decidiu aproveitar a oportunidade para destruir o acampamento do executivo no jogo, como uma forma de retaliação pelo fechamento dos estúdios.

Como é possível ver na imagem abaixo, os fãs “rebeldes” bombardearam sem dó nem piedade a base do chefão do Xbox. Confira:

O autor do bombardeio foi real1090jake, que até encontrou o personagem de Spencer no jogo — mas quem compartilhou o momento em uma publicação no X (antigo Twitter) foi o perfil Sam_Snydes. “Fiz esse garoto, Phil, pagar pelo que fez com meus irmãos e irmãs do Xbox”, disse o jogador.

A publicação, claro, tornou-se viral na rede social pouco tempo depois — conquistando respeitáveis 59 mil curtidas. Isso foi assunto para muito debate, com alguns dos fãs interagindo e dizendo: “temos a tecnologia necessária para fazer cyberbullying com bilionários”.

Fallout 76 está gratuito no PC e Xbox

Por fim, uma ótima notícia se você está pensando em dar uma chance para Fallout 76: o RPG está gratuito para PC e Xbox via Prime Gaming até o dia 15 de maio.

Para ter o game gratuitamente em sua biblioteca digital é muito simples. Preparamos um pequeno tutorial para te auxiliar no resgate — que pode ser conferido no link abaixo:

Já teve a oportunidade de jogar Fallout 76? O que achou da “retaliação” contra Phil Spencer no jogo? Comente nas redes sociais do Voxel!





Source link