O iOS 18 finalmente vai marcar a chegada do protocolo RCS aos iPhones. O novo padrão de comunicação introduz uma infinidade de novidades, incluindo melhorias significativas nos papos entre usuários de celulares da Apple e Android.

Lançado em setembro de 2008, o protocolo de comunicação RCS (Rich Communication Services, em inglês) é o sucessor do SMS e do MMS. A solução embarca uma variedade de vantagens, tais como compartilhamento de arquivos, envio e recebimento de fotos e vídeos em alta resolução, confirmação de leitura e criptografia de conversas.

Resistente à novidade e com clara preferência pelo ecossistema próprio do iMessage, a Apple não implementou o suporte ao RCS até hoje. Isso rendeu várias alfinetadas de concorrentes e pressão do mercado, uma vez que o padrão de comunicação passou a se tornar cada vez mais popular nos últimos anos.

Como o RCS pode melhorar o iMessage do iPhone?

No iOS 18, a Apple enfim se rendeu e vai implementar o suporte ao protocolo RCS. Porém, o que isso pode trazer de novo?

1. Fim das diferenças de balões azuis e verdes

A adoção do padrão pode abrir caminho para o fim da diferenciação dos usuários entre balões azuis e verdes. Agora, os papos entre celulares Android e iPhones acontece sem tantos obstáculos e com a possibilidade de ter recursos muito parecidos.

O padrão RCS permite conversas bem mais fluidas entre usuários de ecossistemas diferentes.O padrão RCS permite conversas bem mais fluidas entre usuários de ecossistemas diferentes.Fonte:  GettyImages 

Lógico, ainda depende da Apple. Caso a empresa prefira manter a separação de usuários, haverá formas para isso. Contudo, a justificativa de que a distinção acontecia devido ao uso de SMS não será mais plausível.

2. Envios em mais alta qualidade

O padrão RCS possibilita o envio de mídias em alta qualidade, incluindo fotos, vídeos e áudios.  Além da velocidade de transferência ser significativamente maior, o novo protocolo suporta maior resolução nesses compartilhamentos — inclusive para chats com usuários de Android.

3. Confirmação de leitura

No Android, o padrão RCS permitiu a implementação da confirmação de envio e de leitura. A novidade já existe no iMessage, mas somente entre usuários de iPhone. A diferença agora é que o recurso também pode funcionar em papos com celulares de outras marcas.

O iMessage poderá manter vários de seus recursos ativos, mesmo quando o papo é entre iPhone e celular Android.O iMessage poderá manter vários de seus recursos ativos, mesmo quando o papo é entre iPhone e celular Android.Fonte:  GettyImages 

4. Mais segurança

O protocolo RCS enfim pode incrementar a segurança nas conversas entre usuários de iPhone e Android. O padrão tem suporte nativo para criptografia de ponta a ponta, a mesma disponível em mensageiros modernos populares, como WhatsApp, Facebook Messenger e Telegram.

5. Disponível em várias conexões

O RCS permite que você envie ou receba mensagens tanto pela rede telefônica quanto pela internet, via Wi-Fi. Ao adotar o padrão RCS no iPhone, a Apple tornará a comunicação pelo protocolo mais versátil, também possibilitando economia em planos telefônicos.

6. Suporte para reações e papos dinâmicos

Dentro do padrão RCS, a Apple pode incluir suporte para reações e envio de emojis especiais entre iPhones e Android. A adição pode acabar com as mensagens redundantes antes necessárias para identificar reações recebidas por usuários do iOS.

7. Grupos mais abrangentes

Tradicionalmente, grupos no iMessage são muito mais úteis quando só usuários de iPhone estão na conversa. Contudo, a partir do momento que um usuário de Android se torna um membro, várias das funções são desabilitadas para possibilitar o chat por SMS — com RCS, isso pode acabar.

Os grupos não mais precisarão ter qualidade reduzida para abraçar usuários de celulares Android.Os grupos não mais precisarão ter qualidade reduzida para abraçar usuários de celulares Android.Fonte:  GettyImages 

Sendo um protocolo mais avançado e com suporte para mais funções, a Apple não precisará mais reduzir o padrão de qualidade para manter a conversa, mesmo se os membros forem de ecossistemas diferentes.



Source link