A inDrive anulou temporariamente a taxa de comissão de corrida de viagens realizadas por motoristas do app em cidades da região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, afetadas pelas fortes enchentes desde a semana passada. A medida entrou em vigor às 8h desta quarta-feira (8).

De acordo com a inDrive, a iniciativa visa dar aos condutores parceiros melhores condições de realizar deslocamentos essenciais nos municípios impactados pelas chuvas. Com a isenção temporária, não será necessário arcar com a taxa de intermediação.

Diversas empresas têm se mobilizado para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.Diversas empresas têm se mobilizado para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.Fonte:  Getty Images/Reprodução 

“O estado gaúcho passa por um momento de reconstrução após chuvas e inundações que perduram há uma semana e estão deixando um rastro de destruição, inundando residências, estabelecimentos comerciais e outras infraestruturas, e deixando muitas pessoas desabrigadas e sem acesso a itens essenciais”, comentou a empresa, em comunicado.

Ainda conforme o inDrive, a medida contribui para promover a mobilidade na região, “impulsionando os rendimentos dos motoristas afetados pela tragédia”. A companhia destacou que a taxa cobrada dos condutores, atualmente em 9,99% por trecho, é a única remuneração recebida por ela nas corridas.

Cidades contempladas

A isenção temporária da taxa do inDrive para motoristas na Grande Porto Alegre está disponível nas seguintes cidades:

  • Porto Alegre
  • Canoas
  • Gravataí
  • Eldorado do Sul
  • Guaíba
  • Cachoeirinha
  • Alvorada

Segundo a inDrive, os municípios contemplados pela dispensa de cobrança da comissão são as “principais cidades para a operação da plataforma na região”. Nesses locais, há milhares de usuários do serviço, como observou o app.

Outro detalhe importante divulgado pelo inDrive é que a isenção estará em vigor na região até as 23h59 do dia 10 de maio, sendo válida, também, para os entregadores que utilizam o app.



Source link