O Galaxy S25 pode ser ainda mais caro que o modelo anterior, segundo previsão do analista Ming-Chi Kuo. O próximo topo de linha da Samsung pode atingir o novo patamar de preço devido aos custos de fabricação elevados do processador Qualcomm Snapdragon 8 Gen 4.

A Qualcomm ainda não lançou o Snapdragon 8 Gen 4, mas o processador é uma das grandes promessas da empresa para o mercado mobile. A apresentação está marcada para meados de outubro deste ano. Apesar disso, não foram divulgados detalhes sobre o componente, além da presença dos núcleos Oryon, originalmente projetados para notebooks e o processo de fabricação de 3 nm N3E da TSMC.

Contudo, esse aprimoramento significativo também implicaria no aumento de custo de produção. Segundo o informante, o Snapdragon 8 Gen 4 teria fabricação 25%-30% mais custosa que o Snapdragon 8 Gen 3, elevando o valor de US$ 200 para cerca de US$ 260 por unidade.

Os próximos Galaxy S25 podem ser mais caros que os modelos anteriores.Os próximos Galaxy S25 podem ser mais caros que os modelos anteriores.Fonte:  GettyImages 

Se a Samsung continuar com a tradição de adotar o processador topo de linha da Qualcomm em seus modelos topo de linha, o aumento de custo pode refletir no preço dos futuros lançamentos — em especial, os Galaxy S25, que tendem a ser as primeiras novidades do ano.

Possíveis alternativas

Ainda que o processador fique mais caro, existe a possibilidade de a Samsung manter o preço do Galaxy S25 dentro de padrões conhecidos por meio de cortes ou aperfeiçoamentos no aparelho. A empresa pode compensar o aumento do preço do chipset em outras áreas, como bateria, tela, qualidade da construção ou até diminuir a margem de lucro.

Além disso, nos cenários mais complicados, a empresa poderia adotar uma estratégia de venda com o chipset Exynos. Considerando que a produção do Exynos 2500 não seja mais cara que os modelos anteriores, ele poderia servir como alternativa para manter o preço do topo de linha.

Contudo, isso não seria uma decisão fácil para a Samsung: o processador Exynos é alvo de críticas em vários mercados, principalmente pelas diferenças em desempenho em comparação ao hardware concorrente da Qualcomm. Apostar em topos de linha com o processador da casa pode colocar a fabricante sul-coreana em posição de desvantagem nos lançamentos de 2025.

Por enquanto, tudo é especulativo. Segundo o analista, a Qualcomm deve começar a produção do Snapdragon 8 Gen 4 no segundo semestre deste ano.



Source link