A montadora chinesa GAC Motor é mais uma a desembarcar em território brasileiro. A companhia confirmou não só a presença no segmento de carros elétricos, mas também um investimento no mercado nacional.

Ao todo, a marca vai investir US$ 1 bilhão (o equivalente a R$ 5,6 bilhões) nos próximos cinco anos no Brasil. Os planos de como essa verba será distribuída ainda não foram detalhados, mas a GAC Motor pretende construir fábricas, depósitos com estoque de peças e um centro de pesquisa e desenvolvimento no país.

Feng Xingya, presidente da GAC Motor, ao lado de Geraldo Alckmin.Feng Xingya, presidente da GAC Motor, ao lado de Geraldo Alckmin.Fonte:  GAC Motor 

Segundo o presidente da montadora, Feng Xingya, a empresa está comprometida com o mercado nacional e quer contribuir em especial com novas tecnologias.

O executivo selou as intenções de investimento durante um encontro no início do mês passado em Pequim com Geraldo Alckmin, vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

Na reunião, Alckmin visitou as instalações da empresa e conheceu os modelos de automóvel mais recentes da marca. A montadora diz que ele ficou “impressionado” com os veículos e as tecnologias empregadas no processo de montagem.

Até o momento, não há informações de quando começam as operações e nem onde serão as instalações da marca no país.

Marcas chinesas avançam no Brasil

Além de ser a quinta maior fabricante de automóveis da China, a GAC Motor se notabilizou ao estabelecer parcerias com empresas tradicionais de outros países, como as japonesas Honda e Toyota.

A marca ainda fabrica atualmente carros a gasolina, além de modelos elétricos, híbridos e híbridos plug-in.

Atualmente, ela comercializa modelos sedã, SUV e minivans. A submarca Aion de modelos 100% elétricos é um dos destaques mais recentes da montadora e pode ser um dos modelos comercializados no país.

Aion Y, o destaque da linha de elétricos da GAC Motor. (Imagem: GAC Motor/Divulgação)Aion Y, o destaque da linha de elétricos da GAC Motor. (Imagem: GAC Motor/Divulgação)Fonte:  GAC Motor 

Além do Brasil, a companhia nos últimos meses expandiu para mercados como Costa Rica, México e Nepal. Além do Aion Y, o SUV GS8 da atual geração tem sido o escolhido para a estreia em novos territórios.

Com a chegada de mais uma marca, a GAC Motor se junta às já presentes CAOA (da linha Chery),  BYD e GWM como montadoras chinesas que comercializam carros no Brasil.

Por outro lado, nsatisfeitas com a nova concorrência, fabricantes brasileiras já trabalham para forçar a implementação de uma alta carga de impostos contra as estrangeiras.



Source link