Afamília real britânica decidiu adiar seus compromissos públicos devido às eleições gerais, conforme anunciado pelo Palácio de Buckingham. Em um comunicado divulgado no dia 22 de maio, o palácio informou que o Rei Charles III, a Rainha Camilla, o Príncipe William e a Princesa Kate não participarão de eventos públicos até a conclusão das eleições em 4 de julho, para evitar distrações durante a campanha eleitoral. O primeiro-ministro Rishi Sunak, que assumiu o cargo em outubro de 2022, convocou as eleições, que serão as primeiras em cinco anos no Reino Unido. O palácio pediu desculpas sinceras a todos que possam ser afetados pelo adiamento dos compromissos reais. Além disso, foi divulgado que o Rei Charles III e o Príncipe William tinham compromissos sociais agendados para esta semana, que foram cancelados. A Princesa Kate, que está em tratamento preventivo de quimioterapia após uma cirurgia bem-sucedida, também se afastará de suas funções até o outono de 2024, conforme orientação médica. A decisão da família real de se afastar dos holofotes durante o período eleitoral reflete a tradição de manter a neutralidade e evitar influências políticas. A prioridade da Princesa Kate, segundo um porta-voz do Palácio de Kensington, é sua recuperação e bem-estar, assim como o apoio à sua família durante este período delicado. A pausa nas atividades públicas sublinha o compromisso da monarquia com a transparência e o respeito ao processo democrático britânico.