Realizada em 2022, uma missão do governo da China permaneceu secreta até alguns dias atrás, quando um grupo de pesquisa revelou um estudo sobre um satélite chinês com capacidade impressionante

A fim de evitar um possível desastre causado por um asteroide colossal, nomeado 1994 PC1, um grupo de astrônomos utilizou o satélite Jilin-1 para observar a rocha gigante, localizada a cerca de 2 milhões de quilômetros da Terra. Os cientistas utilizaram o satélite Jilin-1 para coletar dados e fotos do asteroide 1994 PC1. 

Leia mais…



Source link