A Educação à Distância, popularmente conhecida como EaD, vem se tornando cada vez mais comum nas universidades. Como o nome sugere, a modalidade pemite acompanhar todas as aulas, das respectivas matérias de um curso de graduação, de qualquer lugar que tenha acesso à internet e com possibilidade de comunicação através de áudio e vídeo.

Entretanto, ainda sim há muita gente com dúvidas em relação a este tipo de ensino. Seja pela forma com que ele é realizado ou até mesmo pelos valores, que podem mudar bastante de acordo com a universidade e graduação escolhida.

Para tirar essas dúvidas, hoje o TecMundo te explica em detalhes as diferenças entre a graduação normal e a Educação à Distância, além de diferenças de valores, e outras questões. Confira!

Quais as diferenças entre a Graduação normal e EaD?

A principal diferença entre a graduação normal e a EaD é a obrigação de comparecer às aulas presenciais.  Como dito anteriormente, a EaD diz respeito ao ensino à distância, ou seja, onde alunos e professores não estão dividindo o mesmo local fisicamente, mas, graças a tecnologia, estão unidos em um único espaço virtual.

Na Educação à Distância você pode assistir as aulas online de qualquer lugar com acesso à internet. (Imagem: Getty Images)Na Educação à Distância você pode assistir as aulas online de qualquer lugar com acesso à internet. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Sendo assim, toda comunicação é feita através de áudio, vídeo e outros elementos adicionais como telas interativas e apresentações de slides. Já a graduação normal, exige que o aluno marque presença nas aulas presenciais, em determinadas matérias ou em todas elas.

Vale ressaltar que a graduação normal também pode contar com algumas aulas à distância. Entretanto, elas por sua vez são limitadas a determinadas matérias, ou até mesmo a apenas alguns módulos, e não ultrapassam nem a metade da grade total.

Na graduação normal é obrigatória a presença de alunos nas salas de aula. (Imagem: Getty Images)Na graduação normal é obrigatória a presença de alunos nas salas de aula. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Todos os cursos possuem graduação normal e EaD?

Mesmo com o avanço da tecnologia, muitos cursos optam por não oferecer a modalidade de Ensino à Distância, principalmente os que necessitam de aulas práticas, como graduações da área da Saúde. Confira alguns dos cursos que costumam ser presenciais:

  • Direito;
  • Psicologia;
  • Medicina;
  • Medicina Veterinária;
  • Odontologia;
  • Biotecnologia;
  • Engenharia Aeronáutica;
  • Engenharia do Petróleo;
  • Engenharia Naval;
  • Engenharia Nuclear;
  • Geologia;
  • Astronomia;
  • Oceanografia.

Os valores mudam na graduação EaD?

Os valores mudam, sim, quando a modalidade de ensino é EaD. As graduações EaD possuem um valor em média até 70% mais baixo do que as presenciais. O motivo é a redução de custos que um curso à distância oferece em relação ao padrão.

O Ensino à Distância possui um valor bem mais em conta do que a graduação presencial. (Imagem: Getty Images)O Ensino à Distância possui um valor bem mais em conta do que a graduação presencial. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Por exemplo, para receber presencialmente um grupo de alunos em uma sala, uma universidade precisa gastar com manutenção do ambiente, luz, água, funcionários para a parte externa, como banheiros, segurança do campus, etc.

Já em uma graduação EaD, a maioria das aulas só necessitam basicamente do ambiente virtual. Isso porque, em muitos casos, não há nem mesmo a necessidade de um professor em tempo real, uma vez que o aluno tem todo o material oferecido para leitura e visualização, que pode ser feito a qualquer momento, sem a obrigação de estar presente em um determinado horário para isso. 

A Educação à Distância vale a pena?

Há alguns elementos que fazem a Educação à Distância valer a pena. O principal deles é a praticidade para o aluno ter acesso às matérias, já que nela não é preciso se deslocar até a universidade para realizar aulas e provas, podendo até mesmo escolher os horários para fazer as tarefas no ambiente virtual.

Além disso, o preço também faz muita diferença. Isso porque, como citado anteriormente, em alguns casos o valor pode ser até 70% mais baixo nos cursos de Ensino à Distância, o que favorece aqueles que não podem pagar por uma graduação presencial.

O Ensino à Distância ajuda bastante aqueles que possuem dificuldades para se locomover até universidades. (Imagem: Getty Images)O Ensino à Distância ajuda bastante aqueles que possuem dificuldades para se locomover até universidades. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Entretanto, há também algumas desvantagens no EaD. A principal delas é a forma com que o aluno se adapta a esse tipo de graduação, já que não há, por exemplo, um professor em tempo real a todo momento, alunos no mesmo ambiente para que possam lhe ajudar com dúvidas mais simples, entre outros elementos da graduação tradicional.

É preciso dizer que, mesmo no conforto da sua casa ou em um outro lugar aconchegante e que ajude a concentração e o raciocínio, não são todos que possuem uma facilidade de lidar com toda a carga de matérias, sendo repassada desta maneira, ao longo de toda a graduação.

A Educação à Distância também possui uma série de fatores que o tornam complexo para quem não está acostumado com este tipo de ensino. (Imagem: Getty Images)A Educação à Distância também possui uma série de fatores que o tornam complexo para quem não está acostumado com este tipo de ensino. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Sendo assim, o ideal é que este tipo de aluno já esteja acostumado com esse tipo de ensino, tendo feito anteriormente algum curso ou treinamento e lidado bem com o ensino à distância.

Agora que já conhece melhor a Educação à Distância, cabe a você escolher se ela vale a pena, ou é melhor investir em uma graduação presencial para o tipo de curso que planeja aprender.

E você, ficou com alguma dúvida? Conte para a gente em nossas redes sociais!



Source link