Céline Dion, renomada cantora canadense, enfrenta um dos momentos mais desafiadores de sua carreira ao lidar com a Síndrome da Pessoa Rígida (SPR). Em seu novo documentário, “I Am: Celine Dion”, ela revela a intensidade da luta contra essa rara condição autoimune, que afeta seus movimentos e provoca espasmos musculares dolorosos e involuntários. Desde que anunciou o diagnóstico em dezembro de 2022, Dion compartilhou com seus fãs as dificuldades que enfrenta, incluindo momentos de paralisia e crises severas. Em cenas impactantes do documentário, ela é vista sofrendo convulsões e espasmos que a deixam imóvel por vários minutos. A cantora, que teve que cancelar sua turnê “Courage” e reduzir suas aparições públicas, descreve como a doença se manifesta, às vezes travando seus músculos a ponto de se sentir estrangulada. Dion confessa que esconder sua condição a fazia sentir como se estivesse mentindo para seus fãs, uma carga emocional que se tornou insuportável. Apesar das adversidades, ela continua buscando maneiras de gerenciar a doença e se conectar com seu público, mostrando uma resiliência inspiradora em meio à dor. O documentário está disponível no Prime Video.