Um grupo de pesquisadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH Zurique), na Suíça, afirma ter observado uma misteriosa característica no grafeno à temperatura ambiente pela primeira vez. A partir de um experimento em laboratório, eles puderam visualizar um vórtice de elétrons no grafeno, um material cristalino de carbono considerado significativamente estranho pela ciência.

Publicado na revista científica Science, o artigo descreve que os cientistas utilizaram um sensor de campo magnético de alta resolução para observar os vórtices de elétrons no grafeno. O material é formado por uma única camada de átomos de carbono organizados em uma rede que se assemelha a um favo de mel; além disso, pode conduzir calor e eletricidade de forma impressionante.

Leia mais…



Source link