A semana no campo da cibersegurança foi um pouco diferente da convencional. Tirando o foco de invasões e outros crimes, Google e Apple anunciaram recursos importantes de privacidade e anti furto, com impacto direto no consumidor brasileiro.

Além disso, a Microsoft — que voltou atrás na função controversa relatada na semana anterior — também se destacou por um projeto para ajudar estabelecimentos de pequeno porte que podem sofrer ataques virtuais.

As 6 notícias de cibersegurança mais importantes da semana

1. Google irá facilitar a remoção de dados pessoais na Busca

O Google revelou na terça-feira (11) uma ferramenta bastante útil para o brasileiro controlar a circulação dos próprios dados pessoais na internet. Trata-se do Privacidade nos Resultados Sobre Você, um site que ajuda a rastrear e remover do índice do buscador páginas com informações de contato.

O novo site de controle de privacidade. (Imagem: Google/Divulgação)O novo site de controle de privacidade. (Imagem: Google/Divulgação)Fonte:  Google 

Após fazer um rápido cadastro vinculado à sua conta da Google, o usuário recebe notificações sobre sites com dados pessoais expostos — como nome, endereço e telefone — e pode solicitar à empresa que tire a página dos resultados. O processo pode levar dias e não tira o site em si do ar, mas dificulta o acesso a esse tipo de conteúdo por terceiros.

2. Android: função de Bloqueio por Detecção de Roubo chegará primeiro no Brasil

O Brasil será também o primeiro país a receber um novo recurso do Android. A função é o Bloqueio por Detecção de Roubo, que foi anunciado no Google I/O 2024 e “trava” o dispositivo ao notar pelo acelerômetro do celular que ele foi tirado de você por alguém que saiu correndo em seguida.

O sistema de detecção de roubo. (Imagem: Google/Divulgação)O sistema de detecção de roubo. (Imagem: Google/Divulgação)Fonte:  Google/Divulgação 

Dessa forma, a tela fica bloqueada e a outra pessoa não consegue desbloquear o aparelho de nenhuma maneira. Com previsão de início dos testes para julho, o recurso não exige que celular esteja conectado à internet.

De acordo com a companhia, especialistas brasileiros sugeriram a funcionalidade para a empresa, que aprovou o desenvolvimento do projeto baseada também no alto número de roubos e furtos de celulares no país.

3. iOS 18 vai permitir bloquear apps com Face ID ou Touch ID e escondê-los no iPhone

A Apple também revelou novidades de cibersegurança na conferência de abertura da WWDC 2024 na última segunda-feira (10). A maior parte delas faz parte do iOS 18, já em beta para desenvolvedores e com previsão para sair em setembro.

Os recursos de segurança do iOS 18. (Imagem: Apple/Divulgação)Os recursos de segurança do iOS 18. (Imagem: Apple/Divulgação)Fonte:  Apple 

Um dos recursos é o bloqueio de aplicativos com biometria (via impressão digital ou detecção de rosto) para proteger informações sensíveis. Além disso, agora será possível ocultar aplicativos instalados, para que eles não fiquem disponíveis na tela inicial.

O gerenciador de senhas, que estava especulado para sair no iOS 18, também foi confirmado pela Maçã.

4. Fotos de crianças brasileiras foram usadas sem autorização para treinar IA, diz denúncia

O grupo Human Rights Watch alertou que fotos pessoais de crianças brasileiras estavam em um banco de dados utilizado por companhias para alimentar modelos avançados de inteligência artificial (IA).

As fotos mostram situações cotidianas e privadas. (Imagem: Getty Images)As fotos mostram situações cotidianas e privadas. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

Cerca de 170 imagens foram encontradas no banco LAION-5B, em momentos como após o parto, em brincadeiras com amigos, e em sala de aula. Para piorar a situação, nomes das pessoas enquadradas estão na legenda ou integradas ao endereço URL das fotos. Após a denúncia, a empresa responsável pela base de dados prometeu retirar os conteúdos irregulares do ar.

5. Microsoft e Google vão ajudar hospitais rurais dos EUA contra ciberataques

As rivais Microsoft e Google vão integrar um projeto da Casa Branca para ajudar hospitais de zonas rurais dos EUA. A ideia é fortalecer de graça ou a um preço simbólico a infraestrutura de cibersegurança desses estabelecimentos.

Ransomwares ainda assombram serviços públicos e privados ao redor do mundo. (Imagem: Getty Images)Ransomwares ainda assombram serviços públicos e privados ao redor do mundo. (Imagem: Getty Images)Fonte:  GettyImages 

A Microsoft vai disponibilizar as plataformas já existentes de proteção digital, enquanto o Google fará aconselhamentos e a entrega de “kits” de ferramentas digitais personalizadas.

O motivo do projeto é a preocupação pela derrubada de sistemas importantes do setor de saúde por ataques como ransomwares — algo cada vez mais comum nos últimos anos envolvendo hospitais, planos de saúde e serviços de diagnóstico.

6. Novo golpe usa o próprio Facebook para roubar páginas de empresas

Pesquisadores do Kaspersky Labs encontraram uma nova forma usada por cibercriminosos para roubar perfis do Facebook. O golpe usa a estrutura da própria rede social para enganar administradores de páginas de empresas.

O perfil com nome trocado dá veracidade ao aviso. (Imagem: Kaspersky/Divulgação)O perfil com nome trocado dá veracidade ao aviso. (Imagem: Kaspersky/Divulgação)Fonte:  Kaspersky 

A fraude começa com o roubo de uma conta autêntica, que tem o nome trocado para um alerta de segurança — como “Falta 24 Horas para você solicitar uma revisão” — e a imagem virando um ícone de aviso.

Em seguida, esse perfil menciona o alvo em uma postagem, fazendo com que ela receba um email de notificação. Ao clicar no link e depois em outra URL, a vítima é direcionada para um site que finge ser da Meta, a dona da plataforma.

A página falsa que pede seus dados de acesso para roubar o perfil. (Imagem: Kaspersky/Divulgação)A página falsa que pede seus dados de acesso para roubar o perfil. (Imagem: Kaspersky/Divulgação)Fonte:  Kaspersky 

O objetivo dos criminosos é fazer você colocar login e senha em um falso campo de texto para, achando que está resolvendo um problema, ter as credenciais de acesso roubadas. O golpe por enquanto está restrito a perfis em inglês, mas pode ser adaptado a outros idiomas.

Essas foram as principais novidades de cibersegurança da semana. Aproveite e conheça também alguns golpes comuns envolvendo jogos que prometem ganhar dinheiro via Pix, mas na verdade são fraudes.



Source link