No fim de março, a Activision lançou Call of Duty: Warzone Mobile para Android e iOS, uma versão alternativa do battle royale para aqueles fãs que curtem jogar no celular. Infelizmente, nem todos possuem um aparelho potente para rodá-lo, então temos Blood Strike, da NetEase, como uma ótima alternativa para você que gosta de FPS e possui um smartphone básico.

Sendo uma das propriedades da gigante chinesa NetEase, Blood Strike já ultrapassou a casa dos 30 milhões de downloads nas plataformas nas quais se encontra disponível — Android, iOS e PC (que ainda está em versão beta). No fim do mês passado, o FPS também conquistou o primeiro lugar na lista de mais baixados em 15 países, incluindo os Estados Unidos. Confira o trailer:

Caso queira se aventurar em Blood Strike, os links para as plataformas estão logo abaixo — lembrando que o FPS é gratuito para jogar:

Conheça Blood Strike

Apesar de ser um FPS, Blood Strike é ligeiramente diferente se comparado a outros títulos do mesmo seguimento, como PUBG: Mobile e Call of Duty: Warzone Mobile.

O game da NetEase aposta no ritmo acelerado, portanto não se trata apenas de atirar e eliminar inimigos. Você terá uma lista com 15 Strikers, personagens do jogo, para escolher, com cada um deles possuindo diferentes habilidades. Claro, armas também estão inclusas no arsenal.

Lista com alguns dos Strikers, personagens do jogo, disponíveis em Blood Strike.Lista com alguns dos Strikers, personagens do jogo, disponíveis em Blood Strike.Fonte:  Blood Strike 

Assim como no battle royale tradicional, os mapas terão 100 jogadores na sessão — e vence quem ficar em último, solo ou em esquadrão de até quatro integrantes. Além disso, os controles de Blood Strike são otimizados e intuitivos para cada uma das plataformas, o que o torna uma opção ainda mais democrática.

Quais as especificações para rodar Blood Strike nos celulares e no PC?

Para rodar Call of Duty: Warzone Mobile, o jogador precisa de um celular com, pelo menos, um Android Adreno 618 e 4 GB de RAM — ou um iPhone com iOS 16.0 e 3 GB de RAM (com exceção do iPhone 8).

Blood Strike roda em celulares com configurações básicas.Blood Strike roda em celulares com configurações básicas.Fonte:  Blood Strike 

Já no caso de Blood Strike, as especificações necessárias são mais básicas, o que, consequentemente, o torna ainda mais acessível para aqueles que possuem um smartphone de entrada.

O jogador deverá ter, no mínimo, um Android 5.0 com OpenGLES 3.0 e 4 GB de RAM. Já no iOS, basta ter um iPhone 6 ou superior. Além disso, ele pesa apenas 600 MB, então mal ocupará espaço na sua memória. Claro, também é possível jogar no PC, que ainda está em versão beta — e os requisitos são os seguintes:

Requisitos mínimos

  • Sistema Operacional — Windows 8 / 10 de 64 bits
  • Processador — Intel Core i3-8300
  • Memória — 8 GB de RAM
  • Placa de vídeo — NVIDIA GTX 1050
  • Armazenamento — 1 GB de espaço disponível

Requisitos recomendados

  • Sistema Operacional — Windows 8 / 10 de 64 bits
  • Processador — Intel Core i3-9320
  • Memória — 16 GB de RAM
  • Placa de vídeo — NVIDIA GTX 1050
  • Armazenamento — 1 GB de espaço disponível

Vai dar uma chance para Blood Strike? Comente nas redes sociais do Voxel o que você achou do FPS!



Source link