A garantia da Apple não mais cobre rachaduras com espessura de um fio de cabelo, apontam informantes ouvidos pelo site 9to5Mac. Na nova política de reparos da empresa, toda tela trincada agora é considerada um “dano acidental” e requer pagamento para substituição da tela.

Anteriormente, em algumas regiões, iPhones ou iPads com rachaduras tão espessas quanto um fio de cabelo poderiam ser consertados sem custo adicional (desde que não houvesse nenhum outro defeito no aparelho).

iPhones com rachaduras com espessura de um fio de cabelo não são mais consertados de forma gratuita.iPhones com rachaduras com espessura de um fio de cabelo não são mais consertados de forma gratuita.Fonte:  GettyImages 

Esse tipo de rachadura pode aparecer em uma infinidade de contextos, como problemas na construção do aparelho ou manuseio irregular do dispositivo — pressão sobre a tela, por exemplo. Provavelmente, por conta desse fator de aleatoriedade, a garantia da Apple cobria esse tipo de dano, oferecendo reparo gratuitamente.

Contudo, recentemente, Apple Stores e lojas autorizadas para reparo passaram a categorizar essas rachaduras como “dano acidental”, não mais oferecendo reparo gratuito. Dessa forma, usuários precisam pagar pela substituição do display.

Segundo o 9to5Mac, a mudança nas políticas de reparo se aplicam exclusivamente ao iPhone e ao Apple Watch — portanto, iPads e Macs ainda são consertados sem custo.

Até agora, a Apple não se manifestou sobre a mudança na garantia dos dispositivos. Portanto, é impossível dizer o exato motivo da renovação das políticas de reparo. Além disso, não está claro se a mudança é definitiva e é aplicada em todos os mercados.



Source link