Por Rafael Ataide.

Hoje, a IA é erroneamente vista como uma solução milagrosa para quase todos os problemas. Empresas de todos os tamanhos estão investindo e a demanda por especialistas em inteligência artificial nunca foi tão alta. Mas, em meio a tanto hype, será que podemos realmente afirmar que existem especialistas em IA ou profissionais de áreas correlatas estão apenas surfando a onda?

Em primeiro lugar, pesquisas no campo da inteligência artificial já existem há décadas. Inclusive, posso citar a trajetória de grandes nomes do setor, como:

  • Alan Turing, considerado o pai da ciência da computação, que dedicou sua vida a desvendar os segredos da mente humana e a criação de máquinas inteligentes;
  • John McCarthy, outro gigante, foi responsável por cunhar o termo “inteligência artificial” na década de 1950 e fundou o primeiro departamento de IA do mundo, no MIT;
  • Marvin Minsky, um dos pioneiros da pesquisa em redes neurais artificiais, foi um dos principais defensores da ideia de que a inteligência artificial poderia superar a inteligência humana algum dia.

Estes são apenas alguns exemplos de nomes que dedicaram suas vidas ao estudo e desenvolvimento dessa tecnologia. A paixão aliada à capacidade intelectual e ao rigor científico os colocaram no panteão dos verdadeiros especialistas.

Foram pesquisadores que possuíam uma compreensão profunda sobre os princípios fundamentais da ciência da computação e que contribuíram significativamente para a evolução da inteligência artificial até chegar ao que temos nos dias atuais.

Inteligência ArtificialOs ‘especialistas em IAs’ devem estar atualizados e integrados com as mais variadas áreas do conhecimento.

Mas não vivemos só de passado! É claro que temos hoje profissionais altamente qualificados e experientes nas tecnologias mais recentes, com conhecimento especializado em áreas como visão computacional, robótica, análise de dados, entre outros temas.

Esses especialistas desempenham um papel crucial no desenvolvimento e na aplicação da inteligência artificial em contextos práticos. Mas, devido à natureza em constante evolução da IA, nenhum indivíduo pode reivindicar um domínio completo sobre o campo. Novos algoritmos, técnicas e aplicações estão surgindo diariamente, o que exige constante atualização e aprendizado contínuo.

Além disso, a interdisciplinaridade deste ramo da tecnologia significa que a expertise em outras áreas, como matemática, estatística, neurociência e até mesmo psicologia, pode ser fundamental para entender e aplicar efetivamente os princípios da inteligência artificial em diferentes contextos. É importante entendermos que ela não é uma solução rápida, mas uma área complexa e em evolução permanente, que exige de nós um conhecimento profundo e a capacidade de manter os estudos sobre as pesquisas e os avanços científicos.

É preciso tomar muito cuidado com os auto intitulados “especialistas em IA” e com falsos gurus que vendem a tecnologia como uma solução nova e milagrosa.

Especialistas de verdade possuem um conjunto diversificado de habilidades, capazes de colaborar e se adaptar às rápidas mudanças no campo. Lidar com a IA é uma jornada de aprendizagem ininterrupta e todos os envolvidos estão constantemente expandindo seus horizontes – explorando novas fronteiras.

À medida que a IA continua a evoluir e entrar cada vez mais no nosso cotidiano, a importância dos verdadeiros especialistas se torna ainda mais evidente. São eles que impulsionam os limites, resolvem problemas complexos e garantem que ela seja desenvolvida de maneira ética e responsável.

Devemos investir em educação de qualidade, promover pesquisas de ponta e, principalmente, reconhecer as verdadeiras contribuições de cientistas do ramo. Esses são passos essenciais para garantirmos que o futuro da inteligência artificial continue a avançar de maneira benéfica para a sociedade.

****

Com experiência em ciência de dados e inteligência artificial, Rafael Ataide já passou pela gestão de e-commerces, estratégias de CRM e implementação de algoritmos de machine learning em empresas multinacionais. Hoje está à frente do Hub de Data & Tech da Adtail como diretor, promovendo constantes inovações e processos para facilitar o dia a dia da operação e do cliente.



Source link