Exibido na noite do último domingo (7) pela HBO e pela Max, o quarto episódio da segunda temporada de A Casa do Dragão mostrou que a arrogância do rei Aegon II Targaryen (Tom Glynn-Carney) pagou um preço caro. Se sentindo ignorado por seus aliados, o monarca decide partir com seu dragão Sunfyre para ajudar os exércitos de Ser Criston Cole (Fabien Frankel).

No entanto, ele não contava com o fato de que não somente teria que enfrentar um guerreiro mais experiente na forma de Rhaenys (Eve Best), como também viraria um alvo de seu irmão Aemond (Ewan Mitchell). Ao final do capítulo, não vemos a situação atual do monarca, mas está claro que ele foi bastante prejudicado pelo que aconteceu.

Leia mais…



Source link