Os gráficos dos videogames já chegaram em um patamar onde é realmente difícil distinguir o que é realidade e o que é ficção — e Bodycam é um dos grandes exemplos disso, já que mostra o grande potencial explosivo da Unreal Engine 5. Lançado em acesso antecipado na Steam no início do mês, o jogo independente está fazendo bastante sucesso na plataforma atualmente.

Bodycam é descrito como um shooter ultrarrealista em primeira pessoa com recursos de multiplayer. Assim como Unrecord, outro título que também chocou o público por conta dos seus gráficos insanos, o jogo está sendo desenvolvido com base no poderoso motor gráfico da Epic Games.

O fato é que agora que engines poderosas como a UE 5 estão disponíveis para equipes de todos os tamanhos, muitos projetos interessantes estão sendo apresentados para o público. O próprio Bodycam, por exemplo, é desenvolvido pela Reissad Studio, um estúdio independente que conta com apenas dois desenvolvedores (sendo um de 17 e outro de 20 anos). Portanto, há um vasto oceano azul no nicho para os próximos anos!

5 jogos com gráficos ultrarrealistas ao estilo de Bodycam

Bom, é fato que os jogos do gênero vem atraindo cada vez mais entusiastas. Além de Bodycam, existem muitas outras opções que podem te surpreender — ainda mais se você for fã de jogos de terror!

Pensando nesses títulos, o Voxel separou cinco dos melhores jogos no estilo bodycam — com alguns deles já disponíveis para jogar no PC e outros que ainda estão por vir. Confira os nomes logo abaixo!

5. Gray Zone Warfare

Apostando forte num visual arrojado, Gray Zone Warfare é um FPS tático, intenso e realista em que você prestará serviços para uma empresa militar privada. O game está disponível para PC (Steam).

Ele é ambientado numa ilha fictícia do Sudeste Asiático, onde toda a área entrou em quarentena internacional. Com quase toda a população civil evacuada pelas Nações Unidas, três empresas militares privadas recebem missões de clientes enigmáticos para explorar a região, desvendar seus segredos e levar de volta qualquer coisa de valor.

Os jogadores podem explorar um vasto e rico mundo aberto orgânico através de modos PvEvP e PvE. Aqui, toda ação pode ser decisiva e cada confronto pode resultar na perda de seus equipamentos e progresso conquistados — portanto, pense bem antes de tomar qualquer decisão precipitada.

4. Lost Fragment

Lost Fragment está sendo desenvolvido pela Nihil Inane Studio e, sem dúvidas, pode ser um dos jogos de terror mais realistas do mercado. Assim como os títulos mencionados acima, ele também é desenvolvido na Unreal Engine 5 e traz uma representação impressionante de um hospital abandonado cheio de texturas fotorrealistas e iluminação impressionante.

O seu primeiro trailer não mostra muita coisa, a não ser o personagem principal com uma bodycam andando em um hospital abandonado no Japão. A câmera em primeira pessoa é perfeitamente calibrada para mergulhar você neste mundo aterrorizante — isso sem mencionar os barulhos sutis que deixam qualquer um morrendo de medo. Lost Fragment está previsto para chegar ano que vem ao PC e tem muito potencial!

3. Unrecord

Mencionado logo no início do texto, Unrecord coloca os jogadores no lugar de um policial enquanto ele embarca em uma missão para resolver um caso complexo cheio de mistério e intrigas. O título foi um dos primeiros a aparecer nas redes sociais — e é um dos principais responsáveis pela popularização de jogos no estilo bodycam.

Desenvolvido pelo estúdio Drama, Unrecord também conta com gráficos de cair o queixo e possui um gameplay que funciona de uma maneira extremamente realista — cada disparo é acompanhado por um vigoroso recuo e a trepidação da câmera.

Isto significa essencialmente que os jogadores deverão estar atentos às informações que os rodeiam e avaliar cuidadosamente a situação antes de disparar um tiro. Isso, claro, é uma mudança de ritmo bastante bem-vinda na fórmula dos shooters em primeira pessoa. O jogo ainda não tem data, mas chegará ao PC (Steam).

2. Don’t Scream

Desenvolvido na Unreal Engine 5 por apenas duas pessoas, Don’t Scream traz uma premissa simples, porém, seu grande diferencial é o recurso de microfone, que detecta os gritos de susto dos jogadores — consequentemente, causando impacto no gameplay.

Aqui, os jogadores exploram a sinistra floresta Pineview durante uma sessão que leva cerca de 18 minutos. O principal objetivo é não deixar nenhum grito escapar da sua boca, mas caso isso aconteça, o jogo registrará até os sons mais baixos através do seu microfone — se você for descoberto, a sessão será reinicializada.

Além de apostar forte em gráficos ultrarrealistas, o game também possui uma perspectiva no estilo bodycam — o que deixa a experiência ainda mais imersiva. Don’t Scream está disponível em acesso antecipado na Steam atualmente.

1. Paranormal Tales

Paranormal Tales é uma coleção de diferentes histórias de terror, com cada uma delas jogada na perspectiva de primeira pessoa com uma câmera no estilo bodycam. Histórias diferentes são capturadas por câmeras diferentes, então você poderá reproduzir a vinheta pelas lentes de uma câmera VHS ou até mesmo pela câmera de um smartphone, por exemplo.

Claro, os cenários são extremamente realistas e a direção de arte ajuda a estabelecer um ambiente bastante desconfortável. O game está sendo desenvolvido pela Digital Cybercherries e chegará ao PC em uma data ainda não revelada pelo estúdio.

Curtiu a lista com os melhores jogos no estilo bodycam? Comente nas redes sociais do Voxel qual deles você mais gostou!



Source link