Imagem de: 4ª temporada de The Boys é criticada por ‘fãs do Capitão Pátria’! Entenda

Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video

Lançada no dia 13 de junho pela Amazon Prime Video, a quarta temporada de The Boys tem gerado algumas polêmicas em sites como o Rotten Tomatoes. Enquanto ela chegou com 95% de aprovação dos críticos, a pontuação dada pela audiência atualmente está na casa dos 49%, abaixando conforme novos reviews são publicados.

Entre as diversas críticas que a série vem recebendo de analistas anônimos está a de que o Capitão Pátria foi totalmente deturpado. Muitos acusam o showrunner Erick Kripke e sua equipe de serem “esquerdistas” e “wokes”, que transformaram um herói em um vilão somente para criticar quem tem tendências políticas que se identificam com o campo da direita.

Ao mesmo tempo, The Boys também está sendo criticada por ter “arruinado Frenchie”, ao introduzir um relacionamento entre ele e outro homem. “Comparar todos os apoiadores de Trump a nazistas não foi um bom movimento, especialmente dado como os esquerdistas estão falhando globalmente”, exemplifica o comentário do usuário ‘Bridghton G’.

The Boys nunca foi sutil em suas críticas

Segundo Erick Kripke, boa parte da revolta que a 4ª temporada tem causado vem do fato de muitas pessoas não entenderam que The Boys é uma sátira desde a estreia de sua primeira temporada. O showrunner afirma que está abismado com comentários que afirmam que a série era “apolítica”, dado que ela nunca foi sutil com o fato de o Capitão Pátria é um vilão.

“Se você, por exemplo, acredita que o Capitão Pátria é um herói, eu simplesmente não sei o que falar para você. Mas veja, por outro lado, se as pessoas assistem esse show somente como um entretenimento escapista, como qualquer coisa de super heróis… então obrigado por assim, ponto de interrogação?”, afirmou Kripke ao Slashfilm.

The Boys nunca foi discreto em suas críticasThe Boys nunca foi discreto em suas críticasFonte:  Divulgação/Amazon Prime Video 

Ele também afirma que The Boys sempre foi crítico a questões como o “patriotismo vazio”, que usa símbolos como a bandeira para justificar visões e ações reprováveis. A quarta temporada vai além, mostrando que o líder dos Sete sequer se preocupa com seus próprios seguidores, sacrificando alguns dos mais fieis entre eles para tentar prejudicar Luz-Estrela e seus apoiadores.

Enquanto nos reviews de usuários há críticas bastante válidas ao ritmo do roteiro e ao fato de ele estar repetindo temas do passado, a grande maioria se concentra em afirmar que a nova temporada “arruinou o show”. Também há comentários como os de ‘Bliv M’, que declara que “não sobrou muito para um homem hetero assistir”, o que indica que a série passa por um review bombing intencional.

Em outras palavras, parece estar havendo um esforço coordenado e consciente para baixar sua nota no Rotten Tomatoes, permitindo assim o reforço da narrativa de que há uma “desconexão” entre crítica e público e que conservadores não são respeitados — e são vítimas, de certa forma. A situação não é nova e já afetou outras séries consideradas “wokes”, como a recente Star Wars: The Acolyte.

E aí, qual a sua opinião sobre o assunto? Comente nas redes sociais do Minha Série!



Source link