O Windows 11 vai permitir compactar arquivos no formato ZIP ou 7z de forma nativa, divulgou o informante @PhantomOfEarth no X, antigo Twitter. Pensada inicialmente como um recurso da próxima grande atualização, a função é experimentada em compilações mais antigas do sistema operacional da Microsoft.

“O suporte para a criação nativa de arquivos 7z e TAR está sendo portada da Germanium (Windows 11 24H2) para as versões 23H2 e 22H2”, disse o informante no post demonstrativo. “[O recurso] está presente e totalmente funcional na versão Beta 22635.3566, mas desabilitado por padrão”, continuou.

Na publicação, o informante ressalta que conseguiu ativar o recurso através do app Vivetool, uma solução disponível para versões experimentais do Windows capaz de encontrar recursos ainda ocultos no sistema.

Segundo o site Windows Latest, a função está disponível a partir do Menu de Contexto do Explorador de Arquivos. O recurso aparece no menu ao clicar com o botão direito sobre uma pasta, oferecendo opções de compactação como ZIP, 7z, TAR ou “Opções adicionais”.

O tempo de compactação varia conforme o tamanho do arquivo e, pelo que é possível observar dos prints do site, o processo é bem direto. Não há recursos avançados de compactação, como proteção por senha, por enquanto — e essa função deve chegar em um futuro update.

Recursos em desenvolvimento

Além disso, a Microsoft também prepara um menu de criação de arquivos compactados mais robusto. Dentro do Windows 11 Canary na Build 26040, foi encontrado um menu “Criar arquivo” que dispõe opções como formato de arquivo, método de compressão, nível de compressão e a possibilidade de reter links simbólicos.

Por enquanto, somente testadores têm acesso ao compactador de arquivos nativo do Windows 11. Contudo, uma vez que a função foi encontrada nas edições 22H2 e 23H2 do SO, não será necessário esperar a grande atualização do ano para experimentar o recurso.





Source link