A SpaceX apresentou no sábado (4) os novos trajes espaciais para a primeira caminhada espacial privada da história, prevista para acontecer ainda este ano. Eles serão utilizados pelos quatro tripulantes da missão Polaris Dawn, a bordo da nave Crew Dragon.

Baseado nos atuais trajes pressurizados dos astronautas que viajam na espaçonave, o novo traje de atividade extraveicular (EVA) foi desenvolvido para manter a mobilidade em diferentes circunstâncias. Produzido com tecidos que garantem o gerenciamento térmico, ele também traz materiais de partes do foguete Falcon 9 e da cápsula espacial.

O novo traje não possui mochila, dando mais mobilidade aos astronautas.O novo traje não possui mochila, dando mais mobilidade aos astronautas.Fonte:  Programa Polaris/Divulgação 

O equipamento inclui um capacete com revestimento interno que funciona como viseira para proteção contra os raios solares e câmeras de última geração. Há, ainda, o sistema Heads-Up Display, permitindo ao astronauta visualizar as informações a respeito do status do traje com facilidade.

Como explicou a SpaceX, o traje para caminhadas espaciais não conta com mochila, apresentando uma diferença significativa para os modelos usados pelos astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS). Nele, a energia, o ar e o resfriamento, entre outros sistemas de suporte à vida, serão fornecidos por meio de um cabo umbilical conectado à espaçonave.

Quando será lançada a missão Polaris Dawn?

Liderada pelo bilionário Jared Isaacman, a missão também terá os astronautas comerciais Scott Poteet, Anna Menon e Sarah Gillis. O grupo deve passar cinco dias em órbita a bordo da Crew Dragon, realizando experimentos sobre os efeitos do voo espacial e da radiação na saúde, além de testar o sistema de comunicação da nave via Starlink.

A aguardada caminhada espacial deve ser o ponto alto da viagem, acontecendo a aproximadamente 700 km acima da Terra, tendo duração de várias horas. O plano é testar diversos aspectos do novo traje espacial da SpaceX, desenvolvido com foco nas futuras missões de longa duração da companhia rumo à Lua e Marte.

Programada inicialmente para 2022 e adiada várias vezes desde então, a Polaris Dawn tem lançamento previsto para ocorrer no próximo verão nos Estados Unidos. Ou seja, se o cronograma for mantido pela empresa de Elon Musk, o foguete Falcon 9 colocará a nave Crew Dragon em órbita entre junho e setembro deste ano.





Source link