O governo dos Estados Unidos tomou uma medida significativa para aliviar as crescentes filas nos postos consulares ao redor do mundo. O Departamento de Estado americano, no final de dezembro, renovou a regra que permite a dispensa de entrevistas presenciais para a emissão ou renovação de determinados vistos. Esta normativa estará em vigor até o final de 2024.

A iniciativa, inicialmente implementada durante a pandemia, visa agilizar o processo, especialmente considerando a alta demanda por vistos americanos. Em 2024, detentores de vistos não imigratórios expirados há menos de 48 meses podem renová-los sem a necessidade de entrevista consular. Isso abrange uma parcela significativa, como o visto de turismo e negócios (B1/B2), correspondendo a mais de 90% das emissões para brasileiros.

Contudo, para solicitações de vistos pela primeira vez, a entrevista consular continua sendo mandatória, exceto para o visto H-2 destinado a trabalhadores temporários em setores sazonais. Para receber a dispensa de entrevista, candidatos devem solicitar o visto em seu país de residência, sem histórico de recusa anterior, a menos que tenha sido superada posteriormente.

Rodrigo Costa, CEO do Viva América, especializada em serviços imigratórios, esclarece que, mesmo nos casos previstos na nova regra, autoridades consulares podem, em ato discricionário, exigir a entrevista se houver razões aparentes de inelegibilidade.

A Embaixada dos EUA no Brasil, enfrentando recordes de espera em 2022 e 2023, adotou medidas como contratação de pessoal e atendimento aos sábados. O resultado é evidente: o tempo médio de espera para entrevistas consulares reduziu significativamente. Na capital paulista, por exemplo, a espera é de apenas 8 dias, contrastando com os mais de 630 dias registrados no ano anterior. A média nos cinco postos diplomáticos que emitem vistos de turismo e negócios é agora de 36,4 dias, a menor desde novembro de 2022.

Esta renovação da regra demonstra esforços para otimizar o processo de visto, facilitando a renovação para alguns e reduzindo consideravelmente o tempo de espera para entrevistas, proporcionando uma experiência mais eficiente para os solicitandos