A Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação (SOR) publicou recentemente o Ato Nº 5155. Ele diz respeito às novas regras para a produção de carregadores de celulares e ao mesmo tempo visa testes mais precisos para a aprovação deles para a venda no mercado nacional.

Essa atualização da Anatel tem como objetivo a adequação dos procedimentos para ensaio da resistência mecânica e térmica dos carregadores. Eles agora serão submetidos a procedimentos atualizados, como comportamento em altas temperaturas, resistências à quedas, torções dos conectores, e encaixe e desencaixe seguidos durante momentos de recarga.

Carregadores de celulares deverão passar por novos testes de qualidade. (Divulgação/Anatel)Carregadores de celulares deverão passar por novos testes de qualidade. (Divulgação/Anatel)Fonte:  Anatel 

Todos os novos requisitos para a certificação e autorização de venda no território nacional devem ser atualizados até o dia 14 de outubro de 2024. Até lá, toda empresa ou indústria que produz os carregadores para celulares precisa se adaptar às novas regras, caso contrário, não terão a venda de seus produtos permitida no Brasil.

Cuidado ao adquirir carregadores não autorizados

Diante dessa nova medida, vale sempre ressaltar a importância de se adquirir carregadores autorizados pela Anatel. Esses por sua vez foram submetidos aos principais testes de resistência e qualidade, garantindo a segurança dos consumidores, e a garantia de que não irão prejudicar o seu aparelho celular.

Para isso, basta conferir se o produto possui o selo de autorização da Anatel, como mostra a imagem abaixo. Ele é a garantia de que o mesmo foi testado e aprovado para a venda em território nacional.

Este e o selo de garantia da Anatel que precisa estar presente no carregador. (Divulgação/Amazon)Este e o selo de garantia da Anatel que precisa estar presente no carregador. (Divulgação/Amazon)Fonte:  Amazon 

E você, o que achou das novas medidas? Conte para a gente em nossas redes sociais!



Source link