A Amazon tem 48 horas para retirar anúncios de celulares irregulares de sua plataforma. O ofício enviado pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) nesta sexta-feira (10), divulgado pelo Valor Econômico, cita que ao menos 50 vendedores estão enquadrados neste quesito.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determina que são considerados “celulares irregulares” aqueles que não possuem registro na agência “e/ou a falta de recolhimento dos tributos que incidem sobre as mercadorias”, cita a secretaria em ofício.

Leia mais…



Source link