Lytron
Census
sensus
My Partner
Sebrae

O surfista brasileiro Márcio Freire morre em Portugal

 
O surfista de ondas grandes perdeu a vida na Praia do Norte, em Nazaré, Portugal.
 
O atleta baiano de 47 anos, também conhecido como “Mad Dog”, morreu nesta quinta-feira no famoso surf break português enquanto enfrentava as ondas gigantes locais.
 
É a primeira morte ligada ao surf nas montanhas líquidas da Praia do Norte na Nazaré. O alerta para o acidente aquático foi dado às 4:16pm.
 
Segundo o capitão do Porto da Nazaré, no distrito de Leiria, o pioneiro brasileiro do surf de ondas grandes “foi rebocado para a praia por um companheiro [Lucas Chumbo] numa mota de água, já em paragem cardiorrespiratória”.
 
Os salva-vidas na praia iniciaram imediatamente as medidas de suporte à vida, que os paramédicos continuaram posteriormente.
 
No local estiveram operacionais o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), os Bombeiros da Nazaré e a Autoridade Marítima.
 
“Era um surfista experiente que caiu enquanto surfava”, afirmou o comandante da Capitania da Nazaré, Mário Lopes Figueiredo.
 
“Infelizmente, nenhuma das manobras de suporte de vida foi bem-sucedida e a morte acabou sendo declarada no local”.
 
O corpo foi posteriormente transportado para o Instituto de Medicina Legal de Leiria.
 
Nas redes sociais já circulam homenagens a Márcio Freire.
 
“Estamos todos extremamente abalados com a trágica partida do nosso eterno ídolo Márcio Freire, um cara que sempre admirei pela coragem e técnica dentro e fora d’água, pioneiro em uma das ondas mais temidas do mundo, a Jaws ”, escreveu Lucas Chumbo.
 
“Nada que eu diga ou escreva vai aliviar nossa dor neste momento, mas compartilho minhas mais profundas condolências com a família e amigos. É definitivamente um dos momentos mais tristes e desafiadores do surf de ondas grandes.”
 
“Hoje perdemos um grande homem, um grande amigo e um surfista lendário, Márcio Freire”, escreveu o fotógrafo de surf Fred Pompermayer, que compartilhou imagens do atleta baiano.
 
Share

Related posts