Sebrae
Lytron
Census
My Partner
sensus

Passa a valer exigência de visto impresso para brasileiro entrar no México

DEPENDENTES DO GÁS RUSSO, PAÍSES EUROPEUS TEMEM O DESABASTECIMENTO GENERALIZADO QUANDO O CONSUMO AUMENTAR NO INVERNO

Os brasileiros que desejarem ingressar no México para fazer turismo, negó­cios ou conhecer a cultura do país da América do Norte devem solicitar o visto de forma física no passaporte antes de embarcar. A regra passou a valer no dia 18 de agosto, depois que o Ministério do Interior mexicano publicou a regra no Diário Oficial da Federação.

Será obrigatória “a aplicação tempo­rária de vistos em passaportes comuns para cidadãos da República Federa­tiva do Brasil na condição de perma­nência do visitante, sem permissão para realizar atividades remuneradas”.

Com a nova exigência, os brasileiros que pretendem viajar para o México “devem solicitar o visto corresponden­te à autoridade consular mexicana”, informou o Ministério das Relações Ex­teriores do país norte-americano (SRE) em comunicado oficial.

Para programar o agendamento do visto, é necessário acessar o site da Se­cretaria das Relações Exteriores do Mé­xico: https://citas.sre.gob.mx/. Com o número de agendamento, só é preciso ir ao consulado mexicano selecionado e levar a documentação necessária.

Os brasileiros também deverão cumprir os requisitos publicados nas páginas eletrônicas de qualquer uma das re­presentações consulares mexicanas. As autorizações eletrônicas emitidas antes do dia 18 de agosto permanecerão vi­gentes por 30 dias, quando a validade chega ao final.

Para portadores de documentos que comprovem residência permanente no Canadá, nos Estados Unidos, no Japão, Reino Unido, na Irlanda e países do Espaço Schengen, bem como os paí­ses-membros da Aliança do Pacífico, o visto físico não é exigido.

O visto físico ainda está dispensado a portadores de vistos válidos e atuais do Canadá, dos Estados Unidos, do Japão, Reino Unido e da Irlanda do Norte ou qualquer um dos países que compõem o Espaço Schengen.

A nova medida reflete a pressão que o México está enfrentando a partir de fluxos migratórios recordes para os Esta­dos Unidos, cujo Escritório de Aduanas e Proteção de Fronteira interceptou mais de 1,6 milhão de pessoas desde outubro de 2021.

De acordo com informações do Con­sulado Geral do México em São Paulo, diversas pessoas que têm viagem marcada para o país estão enfrentan­do problemas para conseguir agendar os vistos.

Share

Related posts