My Partner
Sebrae
Lytron
Census
sensus

Imigrante – Como lidar com as pressões nos Estados Unidos

DE ELIANA BARBOSA
@ELIANABARBOSAPSICOTERAPEUTA

Segundo relatório da ONU, de 2021, o número de imigrantes no mundo chegou a 281mi­lhões, e os Estados Unidos lideram com maior número de estrangeiros (cerca de 50 milhões).

Todos sabem que a realidade de um imigrante é dura, porque, além da saudade extrema de sua pátria e de seus familiares e amigos, existe, de forma inconsciente, uma necessidade de provar seu valor, sua capacidade de sobrevivência diante de tantas barreiras, principalmente o idioma e a cultura.

É comum, também, uma pressão, muitas vezes implícita, da família, em sua terra natal, aguardando suas realizações e seu sucesso financei­ro que, na verdade, são conquistas em longo prazo, suadas e sofridas. Somam-se a estas preocupações, a situação de insegurança daqueles imigrantes indocumentados e até o preconceito, o que tem gerado mui­tos transtornos emocionais, dentre eles ansiedade e depressão.

Pra você que é imigrante e tem, de uma forma ou de outra, se sentido pressionado psicologicamente, eis algumas dicas que podem ser úteis nesse momento:

Aprimore sua autoestima no sentido de se apreciar pelo quão corajoso você é, por ter saído de sua “zona de conforto” em busca do desconhecido e por estar neste país de oportunida­des, lutando, dia a dia, para realizar seus sonhos. Tantos há que sonham e não movem uma palha sequer por seus sonhos. E você, com “a cara e a coragem” está aí. Valorize-se!

Aprimore também sua fé, buscando desenvolver um propósito maior para sua vida, não se prendendo só ao consumismo e aos bem materiais. Escolha uma religião com a qual você se identifique e junte-se a um grupo de voluntários para fazer o bem onde for preciso. É o plantio no bem que vai trazer proteção espiritual e mais oportunidades para sua vida, além de ampliar seu círculo de relaciona­mentos.

Procure não se expor tanto, princi­palmente nas redes sociais, e guarde suas conquistas só para você e aque­les em quem você confia.

Cuidado com “amigos da onça”, aque­les falsos parceiros que ganham sua confiança, e, talvez por inveja da sua força, depois colocam pedras em seus caminhos.

Seja generoso e gentil com aqueles imigrantes que estão chegando, inse­guros e imaturos ainda, porque um dia você também precisou de uma mão amiga. E você nunca sabe se, no futuro, voltará a precisar de novo.

E para melhorar sua ansiedade e pre­venir a depressão, sugiro que, todos os dias, ao acordar, você acrescente dois rituais: o da gratidão e o da meditação. Faça mentalmente uma lista de 5 motivos para agradecer, em cada novo amanhecer, e depois, por pelo menos 10 minutos, relaxe e me­dite. Assim, você sairá de casa mais otimista, autoconfiante e preparado para crescer e vencer!

Share

Related posts