Census
Lytron
sensus
My Partner
Sebrae

Erika Januza fala sobre Sarah, sua personagem em ‘Arcanjo Renegado’

A virada de chave’ na vida de Sarah Afonso, personagem de Erika Januza, promete agitar ainda mais a segunda temporada de ‘Arcanjo Renegado’, série Original Globoplay que estreia dia 25 de agosto na plataforma, para assinantes dos Estados Unidos e Canadá.

Enquanto na 1ª temporada Sarah precisou ser forte para superar a morte do marido Rafael (Alex Nader) e cuidar do filho pequeno – ao mesmo tempo em que se preocupava com o irmão Mikhael (Marcello Melo Jr), que vivia se envolvendo em situações perigosas – nessa nova fase ela se reinventa e promete cenas de muita ação e emoção.

“A Sarah continua amando o irmão, mas todo o sofrimento dela serviu como força e incentivo para virar a chave e vir nesta temporada ainda mais forte”, explica Erika, revelando ainda que a carreira militar é um legado deixado pela família Afonso: “Ela resolveu seguir o caminho do pai e do irmão”.

Na trama, Sarah inicia a carreira como policial militar em uma UPP, mas logo passa a integrar o Grupamento de Intervenção Tática. “Me sinto tão feliz por interpretar uma persona­gem com tamanha representatividade. Sarah representa as várias guerreiras do nosso país. Ela é o retrato da força e da sensibilidade femi­nina, da mãe de família e de uma mulher negra na polícia militar”, completa Erika.

Arcanjo Renegado’ é uma série Original Globo­play produzida pelo AfroReggae Audiovisual, em parceria com a produtora Paranoid BR e o Globoplay. Tem criação de José Júnior; direção geral de Heitor Dhalia; direção de André Godoi e Vellas; roteiro de José Junior, Gabriel Maria, Gustavo Rademacher e Bárbara Velloso; e produção de Heitor Dhalia e Egisto Betti. No elenco, talentos como Marcello Melo Junior, Erika Januza, Álamo Facó, Rita Guedes, Flavio Bauraqui, Leonardo Brício, Thelmo Fernandes, Cris Vianna, Otto Jr, Ludmilla, Tatsu Carvalho, Bruno Mazzeo, Dilsinho Oliveira, Gabriela Loran, Lea Garcia, Gabriel Sabino, Luciana Bezerra, Aline Borges, Karen Motta, Fabio Nascimento, Robson Rodrigues, Renato Régis, Zezé Motta, Dani Galli, Leynar Gomez, Angela Paz e Jimmy London.

Confira a entrevista com Erika Januza.

LINHA ABERTA: Na primeira temporada, Sarah passou por momentos desafiadores. Qual foi a ‘virada’ de chave que a fez entrar para a carreira militar? Conte um pouco sobre a ‘nova’ fase da sua personagem.

ERIKA JANUZA: Nesta nova temporada, a Sa­rah terá força para tomar as rédeas da própria vida, que antes era dedicada a cuidar do filho -fruto do casamento com Rafael (Alex Nader) – e a se preocupar diariamente com o irmão Mikhael (Marcello Melo Jr), que vivia metido em encrencas.

Como seu pai e seu irmão são policiais milita­res, podemos dizer que a carreira militar é um legado de família, que acredito ter despertado uma certa curiosidade na personagem. Ela também conta com a ajuda da Dona Laura (Léa Garcia) no cuidado e educação do seu filho pequeno.

LINHA ABERTA: Como é para você dar vida a uma personagem que ocupa um lugar ainda predominantemente ocupado por homens?

ERIKA JANUZA: O Grupamento de Inter­venção Tática é um lugar ocupado, em sua maioria, pelo público masculino. E ter a possi­bilidade de interpretar uma personagem com essa representatividade e responsabilidade me realiza bastante como atriz.

A Sarah é o espelho de diversas guerreiras do nosso país, mulheres representantes na área militar que, em alguns casos, não são respeita­das ou valorizadas. Ela é um retrato da força e da sensibilidade feminina, da mãe de família e de uma mulher negra na polícia militar.

LINHA ABERTA: Como foi a parceria com o Marcelo Mello Jr?

ERIKA JANUZA: Maravilhosa, como sempre! O Marcello é um super parceiro de troca. Já fizemos vários outros projetos juntos, mas ‘Arcanjo Renegado’ é, com certeza, a nossa troca mais marcante.

Share

Related posts