My Partner
Lytron
Census
sensus
Sebrae

‘Turma da Mônica – A Série’ estreia no Globoplay

‘Turma da Mônica – A Série’ estreia no Globoplay

Com oito episódios, trama conta com as participações especiais de Mariana Ximenes e Fernando Caruso

Uma das turminhas mais amadas do imaginário infantil brasileiro chega ao Globoplay nesta quinta-feira, dia 21 de julho, em ‘Turma da Mônica – A Série’. Com oito episódios, a obra, um Original Globoplay que já está disponível para assinantes dos Estados Unidos e do Canadá, traz Mônica (Giulia Benite), Cebolinha (Kevin Vechiatto), Magali (Laura Rauseo), Cascão (Gabriel Moreira) e Milena (Emilly Nayara) no papel do quinteto protagonista. A história vai mostrar a chegada de Carminha Frufru (Luiza Gattai) ao Bairro do Limoeiro e a sabotagem de sua festa. Mônica e seus amigos se tornam os principais suspeitos e vão precisar superar suas inseguranças e revelar seus segredos para decifrar o mistério. Com as participações especiais de Mariana Ximenes, no papel de Madame Frufru, mãe de Carminha; e Fernando Caruso como Feitoso Araújo, ‘Turma da Mônica – A Série’ tem redação final de Mariana Zatz e direção-geral de Daniel Rezende. A produção é da Biônica Filmes em coprodução com a Mauricio de Sousa Produções.   

Na trama, as crianças do Bairro do Limoeiro marcam presença na festa descolada de Carminha Frufru, que acaba de se mudar para uma mansão no bairro. Quando um balde de lama vira na cabeça de Carminha no meio do evento, Mônica é apontada como a principal suspeita. A festa se torna palco de uma investigação, conduzida pela maior fofoqueira do bairro, Denise (Becca Guerra). Agora, Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e Milena precisam provar que são inocentes, mas nenhum deles sabe exatamente o quanto de responsabilidade cada um tem sobre o ocorrido.   

“’Turma da Mônica – A Série’ é a primeira história 100% original dessa versão live-action. O desafio foi amadurecer a dramaturgia de acordo com essa nova fase: a entrada na adolescência. Temas como padrões, a busca da perfeição e vulnerabilidade foram nossos guias nos roteiros, além das famosas perguntas: ‘quem sou eu agora?’ e ‘devo me adaptar ao que todos esperam de mim nessa fase?’, que eram ditas o tempo todo na sala de roteiro”, conta o diretor Daniel Rezende.    

Mônica é a principal suspeita: na semana anterior, ela havia fundado o “Clube da Turma”, um espaço para acolher todos os pré-adolescentes do bairro. Mas a chegada de Carminha muda tudo, já que resolve fundar o “Clube Frufru” e marca sua festa de inauguração para o mesmo dia do evento de Mônica. Dessa forma, a Dona da Rua é vista como a pessoa com mais motivação para atrapalhar a festa da concorrência. “A Mônica vai ter muitos dilemas. Acho que a disputa pela rua vai ficar pequena perto do que vem aí”, brinca a atriz Giulia Benite, que dá vida à Mônica.  

Mas Mônica não está sozinha nas suspeitas de Denise. Magali é apontada como cúmplice; Cebolinha é acusado de ser o autor do desenho de um “plano infalível” que resultou no balde de lama; Cascão revela ter motivações contra Carminha, já que ela sempre reclamou de seu cheiro; e Milena se envolve na história quase por acidente, na tentativa de resgatar um bichinho de estimação da mansão Frufru. De certa forma, todos têm envolvimento nos eventos que levam ao balde de lama, mas seus segredos os impedem de revelar tudo o que sabem.  

Encontrar o culpado não será suficiente. Há outras armadilhas pela casa de Carminha, e todos terão que superar as diferenças para combatê-las. Os amigos percebem que suas vergonhas e inseguranças os unem. De repente, estar coberto de lama não é tão ruim assim, desde que todos estejam juntos.   

“É muito bom estar mais uma vez com esse elenco maravilhoso e acompanhar o crescimento e o desenvolvimento de cada um deles nesse novo projeto. A série está linda, cheia de mistério e com muita diversão. Está do jeitinho que a turma gosta, e ainda traz outros personagens, já conhecidos dos quadrinhos, como Milena, Denise e Carminha Frufu, que irão agitar ainda mais o Limoeiro. Todo mundo ficará ansioso para saber os desdobramentos das histórias. Não percam!”, vibra Mauricio de Sousa, criador dos personagens da Turma da Mônica.   

O elenco de ‘Turma da Mônica – A Série’ conta ainda com Pedro Motta (Quinzinho), Lais Villela (Marina), Vinicius Higo (Do Contra), Pedro Souza (Jeremias), Cauã Martins (Titi), Rodrigo Kenji (Nimbus), Lucas Infante (Humberto), Manuela Macedo (Penha) e Giovane Dodato (Dudu).

Sobre o Globoplay

O Globoplay é a maior plataforma brasileira de streaming, com oferta de conteúdo exclusivo para assinantes dos Estados Unidos e Canadá. O serviço reúne um catálogo variado e amplo que inclui diversos conteúdos originais Globo, além de filmes, novelas, séries, documentários, jornalismo e esporte. A oferta da plataforma conta ainda com os canais lineares em simulcast, que agregam em um só lugar o canal internacional da Globo, GloboNews, VIVA, Multishow, GNT, SportTV e Premiere. Tudo junto, na mais completa e variada oferta de conteúdo para que o público acesse a qualquer momento e de onde estiver o que está no ar, o que já foi ao ar e o que ainda será exibido.   

Sobre a Biônica Filmes   

A Biônica Filmes foi fundada em 2012 por Bianca Villar, Fernando Fraiha e Karen Castanho. Produziu PSI, série da HBO indicada ao Emmy em 2015 na categoria Melhor Série Dramática; e os longas Os Homens São De Marte… E é Pra Lá Que Eu Vou! (2014), visto por mais de 1,8 milhão de espectadores e ganhador do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de melhor comédia; Reza a Lenda (2016), uma das cinco maiores bilheterias de 2016; e a comédia TOC – Transtornada, Obsessiva, Compulsiva (2017), com Tatá Werneck.  

A Biônica é coprodutora do documentário Divinas Divas, de Leandra Leal, vencedor do Prêmio do Público – Global no festival SXSW /South by Southwest; e de La Vingança, de Fernando Fraiha, coprodução Brasil – Argentina, vencedora do prêmio de diretor estreante no Brooklin Film Festival (EUA).  

Em 2018, a Biônica lançou a comédia Uma Quase Dupla, estrelada por Tatá Werneck e Cauã Reymond, vista por 600 mil pessoas no cinema; e produziu Turma da Mônica – Laços, de Daniel Rezende, o primeiro live action baseado nas histórias da Turma da Mônica, que levou 2 milhões de espectadores aos cinemas. Em 2019, produziu Meu Álbum de Amores, de Rafael Gomes, uma comédia romântica musical com trilha original de Odair José e Arnaldo Antunes; e A Viagem de Pedro, de Laís Bodanzky, coprodução Brasil-Portugal, estrelada por Cauã Reymond, com estreia em festivais em 2021.  

Outros projetos em andamento são o longa-metragem com produção internacional Brasil-Argentina “Bem-Vinda Violeta”, com direção de Fernando Fraiha, baseada no livro “Cordilheira” de Daniel Galera; um documentário sobre a maior estrela do rock brasileira Rita Lee; e o filme “Pedágio”, da premiada diretora Carolina Markowicz, em filmagem no momento.  

Sobre a Mauricio de Sousa Produções  

A Mauricio de Sousa Produções é uma das maiores empresas de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. A empresa é signatária dos princípios de empoderamento das mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global. No licenciamento, trabalha com 200 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. A presença da marca na plataforma YouTube já passou de 17 bilhões de views, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo, com 450 títulos de livros e mais de 1,2 bilhão de revistas vendidas, ambos responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.  

Clique aqui para acessar o Globoplay nos Estados Unidos e Canadá

Share

Related posts