Lytron
Sebrae
My Partner
Census
sensus

Roberto Carlos: Volta aos palcos americanos

Texto de ALETHÉA MANTOVANI
@aletheamantovani

  AApós um longo período sem fazer shows, apenas pela Internet e no formato de lives, o Rei Roberto Carlos, 81 anos, volta aos palcos americanos e com apresentações totalmente lotadas.

A Turnê USA 2022 teve doze shows realizados pelo astro em grande estilo, em cidades como Miami, Orlando, Nova Iorque, Los Angeles, Dallas, El Paso, Bos­ton, McAllen, Houston, Chicago, Atlanta e Washington. E todos com a marca maior e que é pecu­liar dos espetáculos realizados por ele, a emoção.

O repertório desse ano contou com músicas já tradicionais, mas também com algumas inusitadas e que remetiam os brasileiros que vivem na “Terra do Tio Sam” à pátria natal, como Aquarela do Brasil. A maioria delas foi inter­pretada em espanhol e algumas em português, e em cada uma Roberto contava uma particula­ridade, algo que fazia parte da história da canção na época da gravação. O público, muito ani­mado, as identificava e cantava cada uma delas com o ídolo. Em algumas teve até dancinha especial e que animou bastante o espetáculo.

Para completar o ambiente descontraído, o auditório contou com uma iluminação verde e amarela para fazer uma home­nagem ao Brasil e trazer boas recordações aos brasileiros que vivem no país norte-americano.

Roberto mostrou uma grande disposição ao se apresentar por quase duas horas consecu­tivas no show que aconteceu no Amway Center Arena, em Orlando, e contou com a total in­teração do público – e isso ajudou a mantê-lo com um sorriso no rosto durante todo o espetáculo.

No show de Nova Iorque, que aconteceu na famosa casa de es­petáculos Radio City Music Hall, algumas celebridades estiveram presentes como a cantora Fafá de Belém, que elogiou bastante o desempenho do astro em suas redes sociais, e o influencer Carli­nhos Maia, que ficou emocionado por estar na primeira fileira para assistir ao Rei.

Como não poderia deixar de ser, ao término de cada show, Roberto distribuiu as famosas rosas, um item já tradicional das suas apresentações e que os fãs esperam ansiosamente.

ROBERTO CARLOS JÁ REALIZOU VÁRIOS SHOWS EM MIAMI. O ÚLTIMO ACONTECEU EM ABRIL, NO MIAMI ARENA

ENTREVISTA ROBERTO CARLOS

Entrevistar Roberto Carlos não é uma tarefa fácil, uma vez que o rei tem inú­meros compromissos e não está dispo­nível para a imprensa a todo momento. Porém, mesmo assim, entre um show e outro, ele responde com muita simpatia as poucas perguntas que os jornalis­tas estão autorizados a enviar – no meu caso foram cinco e ele respondeu três. Porém, como estamos falando de Roberto Carlos, foi uma grande honra receber as respostas do Rei.

LINHA ABERTA – Quais são as suas expectativas para a turnê de shows nos Estados Unidos após um longo período de reclusão e restrições devido à pan­demia. O que estas próximas apresenta­ções terão de diferente em relação aos shows anteriores?

ROBERTO CARLOS – Eu estou muito contente em poder encontrar com todos de novo, desfrutar de perto desse cari­nho e desse amor que existe entre nós. O repertório para os shows nos EUA é sempre pensando no que as pessoas esperam ouvir. Nós também colocamos algumas canções que não estavam no show anterior e equilibramos com par­tes em espanhol e em português.

LINHA ABERTA – Os seus shows nos Estados Unidos são sempre muito ca­lorosos, animados e contam com a pre­sença de um público fiel e que também pode matar um pouco a saudade do Brasil, cantando as suas músicas junto com você. Como é essa receptividade dos brasileiros que vivem na América do Norte?

ROBERTO CARLOS – Essa receptivida­de com os brasileiros é um encontro maravilhoso, cheio de amor e muita emoção.

LINHA ABERTA – Quando você está aqui nos Estados Unidos, o que mais gosta de fazer nos momentos de lazer? Quais os lugares que gosta de visitar e quais as particularidades que mais aprecia?

ROBERTO CARLOS – Quando eu estou nos Estados Unidos saio muito pouco, em geral vou a alguns restaurantes somente.

O PRIMEIRO DISCO DE ROBERTO CARLOS FOI LOUCO POR VOCÊ (1961) – ACIMA ALGUNS DISCOS DO REI

 

A CARREIRA DO REI

Roberto Carlos dispensa apresenta­ções mas, para o público jovem ter uma noção da grandiosidade que ele tem, podemos destacar que o astro ficou conhecido não só Brasil, mas na América Latina, como Rei.

Hoje ele representa um dos principais nomes da música brasileira e é consi­derado o maior fenômeno comercial do país.

A sua trajetória artística despontou no início dos anos 60, influenciada pelo samba-canção e pela bossa nova.

O astro brasileiro ficou famoso de fato e conhecido do grande público ao comandar um programa que marcou época, a Jovem Guarda, transmitido pela antiga TV Record, ao lado dos can­tores Wanderléa e Erasmo Carlos.

Com o mesmo nome do programa que levou Roberto Carlos ao estrelato, surgiu o primeiro movimento musical do rock brasileiro: a Jovem Guarda.

Além de fazer muito sucesso com a música, Roberto também destacou no cinema ao protagonizar filmes como Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, em 1968; Roberto Carlos e o Diaman­te Cor-de-Rosa, em 1970 e Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora, em 1971.

Nos anos 70, ele passou a direcionar a sua carreira de cantor e composi­tor para um lado mais romântico, e manteve essa característica até os dias atuais.

Os seus shows são um sucesso e, atu­almente, realizados em famosas casas de espetáculo, quanto em navios. As turnês internacionais acontecem em diversas partes do mundo: Estados Unidos, México, Portugal, Espanha, Is­rael, Chile, Uruguai, Argentina e outras.

Na área comercial Roberto Carlos ultrapas­sa todos os números, pois estima-se que ele seja o artista que mais tenha vendido discos no país, algo em torno de 140 milhões de cópias, de acordo com a Pró-Música Brasil.

9

Picture 9 of 9

Share

Related posts