Lytron
Sebrae
My Partner
Census
sensus

Energia solar pode ajudar humanos a manter colônia em marte, segundo pesquisa

“MAIS PERTO DO EQUADOR, O SOLAR VENCE; MAIS PERTO DOS POLOS, VENCE O NUCLEAR”, COMENTOU AARON BERLINER, UM DOS AUTORES PRINCIPAIS DO ESTUDO.

Uma equipe de cientistas estudou cenários com uso de diferentes fontes energéticas em Marte, concluindo que, embora a energia nuclear possa ser útil em vários contextos, há outras energias que podem ser usadas.

A energia solar pode ser mais eficien­te para sustentar uma colônia de humanos em Marte do que a energia nuclear, afirmaram cientistas, citados pelo jornal Daily Mail.

Após examinar diferentes tecnologias com base nos seus níveis de produção de energia, a equipe de pesquisadores da Universidade da Califórnia, Berkeley, EUA, explicou que o Sol poderia gerar a energia necessária para dividir as moléculas de água a fim de produzir hidrogénio, ao mesmo tempo que o último pode ser usado com nitrogênio para produzir fertilizantes de amoníaco.

Ao mesmo tempo, o estudo publicado na revista Frontiers in Astronomy and Space Sciences tem em conta o fato de que os geradores solares devem ser colocados em áreas específicas, devido a fatores como a intensidade solar, temperatura do solo e outros. O-físi­co-social extremamente benéfico para o ser humano como um todo — disse Cardozo.

Os cientistas acabaram descobrindo que a solução ideal para uma colônia em Marte seria uma matriz fotovoltaica que usa hidrogênio comprimido para armazenamento de energia. Geogra­ficamente, o resultado não é o mesmo em todo o planeta.

Esse sistema poderia usar eletricidade para dividir moléculas de água e produ­zir hidrogênio, que depois pode ser ar­mazenado em recipientes pressurizados, e reeletrificado em células de combus­tível para ter energia em momentos em que não há sol.

Os cientistas esperam chegar a um mo­delo completo do sistema, com todos os componentes incluídos. Isso ajudará a “planejar uma missão a Marte, avaliar a escolha de opções, identificar riscos, e chegar a estratégias de mitigação de antemão ou durante a missão”.

A agência espacial norte-americana NASA está planejando enviar uma tripulação espacial para Marte nos anos 2030, após a primeira aterrissagem na Lua. Elon Musk, fundador do SpaceX, também tem relatado seus planos de estabelecer uma colônia marciana, tendo esse objetivo apontado para os anos 2050.

Share

Related posts