My Partner
Sebrae
sensus
Lytron
Census

Netflix despenca quase 40% na Bolsa dos EUA após perda de assinantes Netflix registrou a primeira queda no número de assinantes em 10 anos

 
As ações da Netflix despencam hoje após a gigante do streaming anunciar ontem que perdeu assinantes pela primeira vez em 10 anos. Na bolsa de Nasdaq, em Nova York, as ações da empresa caíam 36,5% por volta das 11h50, no horário de Brasília.
 
Na Bovespa, os papéis da Netflix registravam queda de 25% nesse mesmo horário, ao valor de R$ 20,74. Segundo balanço divulgado pela Netflix, ela perdeu 200.000 assinantes em todo o mundo no primeiro trimestre desde o final de 2021.
 
Segundo balanço divulgado pela Netflix, ela perdeu 200.000 assinantes em todo o mundo no primeiro trimestre desde o final de 2021, período em que previa incorporar 2,5 milhões de clientes. A empresa explicou que a queda deveu-se principalmente à dificuldade de conseguir novos assinantes e também à suspensão de seu serviço na Rússia.
 
A Netflix faturou 7,9 bilhões de dólares no primeiro trimestre do ano, 10% mais que no mesmo período do ano passado, em particular, graças aos aumentos do número de assinantes em 12 meses (+6,7%) e à alta na cobrança pelo serviço. O lucro foi de 1,6 bilhão de dólares, abaixo do valor do primeiro trimestre de 2021 (1,7 bilhão).
 
Share

Related posts