Census
My Partner
Sebrae
sensus
Lytron

Britney Spears abre ação para investigar se pai grampeava suas ligações

Britney Spears deu mais um passo na batalha contra a família no processo de sua tutela, que durou cerca de 13 anos. De acordo com o Page Six, o advogado da estrela pop, Mathew Rosengart, protocolou uma ação para apurar se Britney era mesmo espionada pelo pai. Em audiência no tribunal de Los Angeles, nos EUA, Rosengart acusou o advogado de Jamie Spears de desviar das alegações de que teria ordenado que a equipe de seguranças de Britney entrasse de maneira ilegal nas contas de celular e iCloud dela, além de ter implantado um dispositivo no quarto da cantora para poder acompanhar cada passo dado por ela. Rosengart apresentou uma declaração de Sherine Ebadi, que trabalhou no FBI. As falas da profissional indicariam que a empresa que cuidava da segurança de Britney teria sido instruída a colocar o tal aparelho de espionagem. O The New York Times revela que o aparelho foi colado com fita adesiva na parede atrás de móveis no quarto da cantora. O aparelho ainda teria uma bateria extra para não precisar ser trocado com frequência, podendo gravar por longos períodos. Alex Weingarten, que defende o pai de Britney, rebateu Rosengart, afirmando que nada disso teria acontecido, que seria uma invenção. Um novo julgamento sobre o caso de Britney Spears está marcado para julho deste ano.

Share

Related posts