Census
My Partner
Lytron
Sebrae
sensus

Os países que estão em alta para viajar em 2022

COCO ISLANDS

Laine Furtado

@fashionandtravelreporter

Os melhores lugares para visitar em 2022 foram nomeados pelos especialistas em viagens do Lonely Planet – e são as Ilhas Cook que são a No1, seguidas pela Noruega em segundo lugar.

O Best In Travel 2022 do Lonely Planet coroa os 10 melhores países, as 10 melhores regiões e as 10 melhores cidades para visitar no próximo ano. As melhores cidades foram reveladas como Auckland, Taipei e Freiburg da Alemanha – com Dublin em sétimo – e as melhores regiões como Westfjords da Islândia, Virgínia Ocidental, Xishuangbanna na China e Kent’s Downs e Heritage Coast em quarto lugar.

Lonely Planet informa que concedeu às Ilhas Cook a medalha de ouro “graças às suas estra­tégias inovadoras para impulsionar iniciativas ambientais no Pacífico Sul”.

“Diversas paisagens emolduradas pelas extensões remotas do maior oceano do mundo prometem aventura ativa, interação cultural e delícias culinárias”, acrescenta.

Os destaques para os visitantes incluem snorkeling e paddleboarding na Lagoa Muri, escavação em ‘Atiu e vagando pelo Mercado Punanga Nui em uma manhã de sábado.

A vice-campeã Noruega é descrita como uma “luz líder em iniciativas de sustentabilidade, tecnologia verde e cultura comunitária, das cidades ao deserto”.

Lonely Planet recomenda que os turistas “peg­uem a viagem de trem mais espetacular do país sobre o planalto hardangervidda repleto de neve” na rota ferroviária de Bergensbanen e vão para o trenó em Tromso, no Círculo Ártico, com experiências incríveis.

Maurício reivindica o terceiro lugar na lista de países, seguido por Belize e Eslovênia, que o Lonely Planet diz que “é um líder mundial em ser literalmente e figurativamente “verde” com viagens responsáveis sendo parte do modo de vida da Eslovênia por décadas”.

O restante do ranking para os países é com­posto por Anguilla (6º), Omã (7º), Nepal (8º), Malawi (9º) e Egito em décimo lugar.

Quanto às melhores cidades para visitar, Lonely Planet diz que o vencedor Auckland na Nova Zelândia é “reconhecido por sua cena cultural florescente onde os holofotes estão na criatividade local”.

E acrescenta: “Dentro dos limites da cidade há 53 vulcões, mais de 50 ilhas, três regiões vinícolas e inúmeras praias.” Que tal escolher seu próximo destino de viagem para 2022?

ICELAND

Precisa de uma mão com seu itinerário de via­gem de Auckland? Lonely Planet recomenda explorar artefatos maori e pasifika no Museu de Auckland e se inscrever para uma degusta­ção de vinhos nas ilhas do Golfo de Hauraki.

O ganhador da medalha de prata Taipei é elogiado por “sua abordagem inclusiva para a sociedade e proteção de experiências naturais e culturais” enquanto Freiburg vem em terceiro lugar como “um pioneiro no movimento ambientalista alemão”.

Atlanta, Geórgia, ocupa o quarto lugar. “Apelidada de “Hotlanta” por sua energia con­temporânea e verões sufocantes, Atlanta é uma joia cultural próspera e brilhante no coração do sul americano”, revela Lonely Planet.

O guia, que elogia a “cena artística revigorada da cidade e iniciativas de sustentabilidade de ponta”, recomenda colocar a “cozinha clássica caseira do sul” na Sala de Chá de Mary Mac e fazer uma visita ao Aquário da Geórgia – o maior aquário dos EUA.

Lagos, na Nigéria, ocupa o quinto lugar, com Nicosia (também conhecida como Lefkosia) em Chipre terminando em sexto.

ATLANTA, USA

O sétimo lugar é concedido a Dublin, devido à “abordagem da cidade ao turismo ético, à sua próspera cena de compras artesanais indepen­dentes e aos planos de pedestres do centro para criar um senso renovado de comunidade”.

Os destaques da capital irlandesa incluem o Guinness Storehouse, onde os apostadores podem saborear “um litro de planície”, e a histórica antiga prisão de Kilmainham Gaol.

As demais cidades do ranking são a mexicana Merida (8ª), Florença (9º) e Gyeongju, na Coreia do Sul (10º).

REGIÕES

Voltando-se para o ranking das melhores regiões, o Lonely Planet diz que Westfjords é um vencedor merecido, pois é “uma das regiões mais remotas e intocadas” do mundo, acrescentando que “a área está se mostrando cada vez mais popular entre caminhantes e entusiastas de aventuras ao ar livre”.

BURGUNDY, FRANCE

Segundo colocado na Virgínia Ocidental, o guia revela: “há muito tempo é um nexo da cultura americana e está finalmente atraindo alguma merecida atenção externa”.

Ele acrescenta: “Os visitantes descobrirão uma região ainda sem lotamento com montanhas intocadas e herança inconfundível, onde o ritmo de lazer das pequenas cidades do sul converge com os esportes de adrenalina que atraem aventureiros de todo o continente.”

VEJA A LISTA DAS 10 CIDADES E DAS 10 REGIÕES PARA 2022

CIDADES

  1. Auckland, New Zealand
  2. Taipei, Taiwan
  3. Freiburg, Germany
  4. Atlanta, USA
  5. Lagos, Nigeria
  6. Nicosia / Lefkosia, Cyprus
  7. Dublin, Ireland
  8. Merida, Mexico
  9. Florence, Italy
  10. Gyeongju, South Korea

REGIÕES

  1. Westfjords, Iceland
  2. West Virginia, USA
  3. Xishuangbanna, China
  4. Kent’s Heritage Coast, UK
  5. Puerto Rico, Puerto Rico
  6. Shikoku, Japan
  7. Atacama Desert, Chile
  8. The Scenic Rim, Australia
  9. Vancouver Island, Canada
  10. Burgundy, France
Share

Related posts