My Partner
Lytron

Novo estudo indica que Vikings estiveram na América quase 500 anos antes de Cristóvão Colombo

CIENTISTAS ANALISARAM IMPACTO DA RADIAÇÃO CÓSMICA SOBRE MADEIRAS ENCONTRADAS EM UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO NO CANADÁ

Os vikings utilizaram seus barcos para cruzar o Oceano Atlântico e se estabeleceram na América no ano de 1021, de acordo com um novo estudo publicado pela revista Nature. A pesquisa consegue estabelecer a primeira data mais exata dos europeus nas Américas, que teria ocorrido quase 500 anos antes do navega­dor genovês Cristóvão Colombo.

Os pesquisadores usaram um método pouco utilizado na comunidade científica: eles analisaram impacto da radiação cósmica sobre madeiras encontradas em um sítio arqueológi­co no Canadá.

Os estudiosos têm conhecimento de dois grandes eventos no passado poderiam ser usados como referência porque é conhecido que os raios por eles emitidos deixaram marcas em árvores.

Um estudo japonês isolou dois desses “even­tos” – nos anos de 775 e 993 – cujos vestígios permanecem em árvores. O súbito aumento do carbono-14 foi encontrado nas datas em questão em seus anéis de crescimento.

O único local conhecido de uma ocupação es­candinava na América continua sendo Anse aux Meadows, uma baía no extremo norte da ilha de Terra Nova, no Canadá. No local é possível encontrar ainda as fundações em madeira de oito construções.

— Quando medimos a concentração de carbo­no-14 em uma série de anéis, encontramos um aumento acentuado em um deles e tivemos a certeza de que correspondia ao ano 993 — disse a líder da equipe Margot Kuitems.

— Bastou então contar o número de anéis entre o anel do “evento cósmico” e o último localizado antes da casca, para determinar a data em que a árvore foi derrubada. Resposta: o ano de 1021.

Apesar disso, o estudo indica que a ocupação foi breve e esporádica, o que reforça o que já se tinha conhecimento através de vestígios arque­ológicos e das “Sagas” – textos semilendários que narram as aventuras vikings.

Share

Related posts