sensus
Census
My Partner
Sebrae
Lytron

Facebook muda nome para Meta

 
Em meio à crise do Facebook Papers, o Facebook mudou de nome. Agora, se chama Meta e se autodenomina como “uma empresa de tecnologia social”.
 
A rede social continuará com o mesmo nome — o rebranding serve para a empresa, que além do Facebook também controla o Instagram, o WhatsApp e a Oculus.
 
A novidade foi anunciada por Mark Zuckerberg nesta durante o evento Facebook Connect, que discute realidade aumentada e virtual dentro da empresa.
 
O nome é uma alusão ao metaverso, um esforço da empresa em combinar realidade aumentada e virtual.
Num vídeo, Mark Zuckerberg explica que a empresa – que detém o Facebook, Instagram, Messenger, Quest VR e a plataforma Horizon VR, entre outras – vai mudar de nome para Meta, numa tentativa de abranger a sua visão de realidade virtual para o futuro, a qual designa por “metaverso”.
 
Apesar desta alteração, as outras marcas não vão mudar, ou seja, as redes sociais Facebook e Instagram mantêm os nomes originais. Assim, a mudança de designação aplica-se apenas à empresa, mas a estrutura corporativa também não irá sofrer alterações. As suas ações, porém, passarão a ser negociadas sob a designação “MVRS” em 1 de dezembro.
 
O diretor executivo justificou a mudança de nome afirmando que “Facebook” não visa tudo o que a empresa faz: “Hoje somos vistos como uma rede social, mas no nosso ADN somos uma empresa que desenvolve tecnologia para conectar pessoas”.
 
Zuckerberg diz esperar que o “metaverso” alcance mil milhões de pessoas durante a próxima década e que será um lugar onde as pessoas poderão interagir, trabalhar e criar produtos ou conteúdos no que espera ser um ecossistema que irá criar milhões de empregos para criativos.
 
Share

Related posts