Lytron
My Partner

A história do Crepe Francês

O crepe é um tipo de panqueca feito à base de farinha de trigo, leite e ovos. Possui uma massa bem fina, geralmente acompanha recheio que pode ser doce ou salgado. É originário da Bretanha, região a noroeste da França.

Em francês se escreve com acen­to “crêpe”, a palavra vem do latim “crispus”, que significa “crespo; ondulado”, fazendo referência à textura que a massa adquire após a passagem pela frigideira ou chapa de metal untada com manteiga.

No final do século XVIII, o “Dic­tionnaire Universalis” descreveu crepes como “um tipo de mas­sa muito conhecida nas terras celtas”.

Crepe Salgado

O trigo branco, comum nos dias de hoje, era reservado aos ricos proprietários de terras. Com o correr do século XIX, novas técnicas de plantio e moagem causaram aumento vertiginoso da sua produção, abastecendo os mercados tradicionais na Europa. No início do século XX começa­ram a surgir os crepes feitos de farinha branca.

As creperias se espalharam por toda a França e o crepe tornou­-se muito popular, hoje em dia, é um dos símbolos da culinária francesa.

Entre os franceses prevalece o hábito de que cada convidado deve preparar seu próprio crepe, uma forma de garantir vida longa e próspera para o anfitrião.

Crepe Doce

Hoje existem muitas variações de crepes, o mesmo é consumido em muitos lugares diferentes. Uma pequena comemoração ou mesmo um grande evento pode contar com esse maravilhoso item como prato principal.

O Crepe Francês é uma ótima op­ção para que quer comodidade e praticidade.

Share

Related posts