Lytron
My Partner

Renato Chocair é jurado no Cinefantasy em sua 11° edição

ATOR BRILHOU COMO O VILÃO “CIPRIANO”, NO FILME “O CEMITÉRIO DAS ALMAS PERDIDAS” PODE SER VISTO AINDA NO FILME BRASILEIRO “LUCICREIDE VAI PRA MARTE”

Renato Chocair, nascido e criado em São Paulo, está em uma jornada de ascensão em sua carreira desde dos 17 anos. Após o sucesso do seu primeiro vilão,“Cipriano”, no filme “ O Cemitério das Almas Perdidas”, vencedor de prêmios internacionais, o ator foi convidado por Eduardo Santana e Mônica Trigo, presidentes do Festival Internacional de Cinema Fantástico, a ser jurado na 11° edição do Cinefantasy, que termina dia 29 de abril e acontece totalmente online.

Renato também colhe os frutos do brilhante trabalho ao lado da atriz Fabiana Karla, no filme “ Lucicreide Vai Pra Marte”, que estreou em março deste ano e agora está disponível nas plataformas online. O longa tem sido alvo de críticas muito positivas e segue como um dos filmes brasileiros mais assistidos do momento.

O ator conta ainda com a participação em alguns projetos especiais como “Chocolate Com Pimenta”, de Walcyr Carrasso, onde interpretou Eugenio. A novela já foi reprisada três vezes, a última no ano passado, e segue fazendo sucesso no Globoplay.

“Meu personagem Eugênio foi um presente que guardo a sete chaves no coração. Sempre quando revejo lembro do começo de minha carreira e a luta que muitas vezes enfrentava para conseguir trabalhar… Quando se tem amor pelo que se faz, tudo fica mais fácil.” Declarou o ator.

Outra trama que também marcou a sua car­reira foi a sua participação na minissérie da Globo “Hebe”, que concorreu ao Emmy, onde contracenou com Andréa Beltrão e deu vida ao diretor do programa roda-viva , célebre entrevista que a nossa estrela participou em 78.

“Um sonho saber que você está no elenco de uma grande série e participar de uma pre­miação internacional tão importante como o EMMY. Muito obrigado ao grande diretor Maurício Farias pela oportunidade”, comenta. Confira o nosso bate papo com o ator.

LINHA ABERTA: Como foi para você ver a repercussão tão positiva que o seu perso­nagem Cipriano do filme “Cemitério das Almas Perdidas” protagonizou?

RENATO CHOCAIR: Esse é o tipo de personagem que muda a vida de um ator! Quando aparece um roteiro tão incrível como o do Cemitério você tem que agra­decer e lutar com todas as suas forças para estar dentro!Assim que soube do longa fiquei em estado de êxtase, gravei as cenas do meu celular intuindo como seria o Cipriano bem instintivamente e no impulso e enviei para o Rodrigo Aragão. Demorou para responder, mas quando soube que ele queria falar comigo meu coração explodiu de alegria, comparo essa conquista com o nascimen­to de minha filha Ágatha. É simplesmente mágico e avassalador!

Cipriano é um presente dos Deuses do cinema e do genial diretor Rodrigo Ara­gão que depositou toda sua confiança no meu trabalho. É um vilão que passa por quase todos os seus filmes ( livro negro de Cipriano) é um personagem místico. Uma imensa honra e responsabilidade poder dar vida a esse feiticeiro, bruxo tão enigmático. Foi uma construção de per­sonagem que exigiu muita dedicação e estudo. A começar pelos rituais em latim e o sotaque de português de Portugal. Depois teve o emagrecimento de 10 kgs pois Aragão queria o personagem mais magro. Usei muito do que aprendi com o grande mestre Antunes Filho no CPT (centro de pesquisa teatral).

Não queria estar em um lugar comum com este personagem, tive que criar toda uma respiração diferente para sua com­posição, assim como voz e gestual. Recebi inúmeras críticas positivas , parece que não decepcionei. Sou muito grato a todo carinho que estou recebendo, muito amor envolvido!

LINHA ABERTA: Como foi atuar ao lado da atriz Fabiana Karla no filme “ Lucicrei­de Vai Pra Marte” e ver como o filme foi acolhido pelo público?

RENATO CHOCAIR: Fabiana Karla é uma estrela e extremamente generosa! Fui recebido por ela no alto da Sé em Olinda com tanto amor e alegria que até me emociono ao lembrar! Fez toda diferença durante as filmagens ter sido recebido por essa grande atriz com tanta alegria no coração!

O sol estava se pondo e subimos até o mi­rante, aquela vista deslumbrante selou a sorte do filme, Incrível! Sou suspeito para falar mas minha cena favorita do filme só poderia ser com a Lucicreide (Fabiana Karla). Meu personagem Arnaldo é pa­trão da Lucicreide e um diretor da NASA e para não dar spoiller… Só vou dizer que abraçar Lucicreide e confortá-la no filme foi mágico e emocionante… As cenas na NASA no foguete de gravidade zero são sensacionais, um marco no cinema brasileiro, assistam!

O filme está com tanto sucesso nas pla­taformas digitais que dá muito orgulho ao falar!! E que equipe dos sonhos, tudo com muito amor envolvido, o mundo está precisando de humor e leveza! Não posso deixar de agradecer a incrível oportuni­dade que tive ao interpretar o Arnaldo! Muito obrigado Rodrigo César, esse grande diretor tão talentoso , jovem e sensível que acreditou no meu trabalho! Quero fazer parte de sua cinebiografia daqui pra sempre!

LINHA ABERTA: O quão importante foi para você participar de uma novela que foi tão aclamada como Chocolate com Pi­menta ao lado de grandes atores e atrizes como a Lília Cabral?

RENATO CHOCAIR: Sou um homem de muita sorte pois atuar ao lado de Lília Cabral, Osmar Prado, Laura Cardoso, Murilo Benício tem que agradecer e muito! Essa novela é um fenômeno! Incri­velmente bem escrita, com muito humor e delicadeza e sempre surpreendendo o público sem subestimá-lo ! A genialidade de Walcyr Carrasco em falar de assuntos sérios sempre com um toque apimentado é o segredo para que esta novela fosse a mais pedida nas reprises da Globo !

Tem uma cena em que meu persona­gem Eugênio leva de volta a peruca de Bárbara (Lilian Cabral) com um ninho de papagaio e 2 ovos dentro é sensacio­nal… muito divertida! Todos falam muito dela ainda! Nessa cena estavam também Fúlvio Stefanini e Murilo Benício.

Meu personagem Eugênio foi um presente que guardo a sete chaves no coração. Sempre quando revejo lembro do começo de minha carreira e a luta que muitas vezes enfrentava para conseguir trabalhar… Quando se tem amor pelo que se faz, tudo fica mais fácil, tudo se encaixa na hora certa. Nunca desista dos seus sonhos, eles acontecem! Eugênio é mais um presente dos Deuses da Arte! Muito obrigado Walcyr Carrasco! Espero de coração ter a honra de entrar em outra obra sua!

LINHA ABERTA: O que significa para você e sua carreira ser convidado para compor o júri da 11° do Cinefantasy ?

RENATO CHOCAIR: Não me contive de alegria quando recebi o telefonema do Eduardo Santana e Mônica Trigo para compor o júri de curtas metragens nesse festival tão aclamado e prestigiado como o Cinefantasy. São heróis do nosso audio­visual, guerreiros e de uma importância cultural ímpar, exercendo um papel fundamental nos tempos atuais de tanto desprezo e barbárie por nossa cultura.

Esse prestigiado Festival Internacional de Cinema Fantástico tem uma equipe de especialistas ( curadores) incríveis e mais de 140 títulos para compor a programação. Um festival plural! Res­peito à diversidade! Uma honra ter sido convidado para ser júri! O cemitério das almas perdidas de Rodrigo Aragão teve sua estréia no drive in do Memorial da América Latina no 10 cinefantasy. Estava lotado e foi um enorme sucesso, foi o filme que abriu o festival!

LINHA ABERTA: A minissérie Hebe na qual você contracenou foi indicada ao Emmy internacional, como foi receber essa notícia?

RENATO CHOCAIR: Uma notícia maravi­lhosa. Um sonho saber que você está no elenco de uma grande série e participar de uma premiação internacional tão im­portante como o EMMY. Muito obrigado ao grande diretor Maurício Farias pela oportunidade. Parabenizar o grande tra­balho da extraordinária Andréa Beltrão e toda equipe. Estamos na globoplay!!!! Viva!!!!

Share

Related posts