My Partner
Census
Lytron

Em Cuba, Obama anuncia que pode retirar embargo econômico da ilha

O presidente cubano Raúl Castro voltou a pedir nesta segunda-feira (21) o levantamento do embargo econômico imposto à Cuba durante reunião histórica com o presidente americano Barack Obama no Palácio da Revolução, em Havana. Obama, que defende o fim das restrições, disse que isso depende em parte de conversas sobre os direitos humanos dentro de Cuba.

Após o encontro, durante coletiva de imprensa conjunta, Castro saudou as inicitaivas tomadas até agora para a normalização das relações entre os dois países, mas disse que elas não são “suficientes”. Segundo ele, o embargo econômico vigente desde 1962 e a presença americana na Baía de Guantánamo continuam sendo “obstáculos” para a normalização das relações entre EUA e Cuba.

“Reconhecemos a posição do Obama e de seu governo ante o bloqueio e seus reiterados pedidos ao Congresso para que o elimine. As últimas medidas (de alívio ao embargo, decididas por Obama) são positivas, mas não suficientes”, acrescentou.

O presidente americano disse que os EUA estão sendo “agressivos” em exercer flexibilidade nas relações com Cuba, uma vez que a lei sobre o embargo à ilha ainda não foi abolida pelo Congresso.

“O embargo vai acabar. Quando, não estou inteiramente certo. Mas acredito que ele vai acabar e o caminho no qual estamos vai continuar além da minha administração”, disse Obama, que encerra seu mandato no fim, deste ano.

 

Fonte: G1

Share

Related posts