Census
Sebrae
Lytron
My Partner

Os 75 anos de Pelé, o eterno rei do futebol

Pelé, o eterno craque do futebol, celebrou 75 anos em outubro e o mundo relembrou seus momentos de glória no futebol, com uma cobertura extensiva sobre sua vida e suas conquitas como o profissional mais completo do esporte que apaixona o mundo. Pelé marcou 1.282 gols em 20 temporadas. O mais célebre momento de sua carreirta foi um drible de corpo no uruguaio Mazurkiewsky, no Mundial de 1970. Ele  jogou quatro Mundiais, conquistou três. Como símbolo, Pelé também é único. Mais do que qualquer outro atleta de qualquer outro país, virou a expressão da superação, do esforço e conquista de uma nação sendo, ao mesmo tempo, um dos grandes ídolos universais. No mês de seu aniversário, Pelé, o atleta do século XX, concedeu um entrevista para a Revista PLACAR,no Brasil, falando sobre sua carreira e sua vida. Na entrevista, o craque falou sobre o futebol de hoje pelo mundo. Para o Rei, o futebol hoje é jogado em uma velocidade maior e é muito é muito mais pegado, especialmente na Europa, muito diferente de que quando ele jogava bola.

“Agora, sobre o futebol em si, na minha opinião, hoje, na Europa, é muito mais pegado, muito mais difícil e mais corrido do que no nosso tempo”, disse Pelé, que ainda citou que é mais fácil saber como as equipes jogam hoje por conta da maior informação.  Pelé ainda falou sobre a velocidade do jogo, que aumentou muito. Mas citou que a qualidade técnica ainda se sobressai a tudo. “Tem que ter uma rapidez, porque hoje se marca mais de perto”. Para ele, “Pelé” seria ainda melhor hoje. “Eu sempre brinco assim: ‘Hoje o Pelé seria melhor ainda’. Porque com todo o preparo, os cuidados que tem hoje… O dom é uma coisa de Deus, é uma coisa que Deus deu e ninguém tira. Agora, se você estiver preparado, se estiver em condições físicas… Eu, como sou o Edson (Arantes do Nascimento), amigo do Pelé desde criança, não tenho nada do que reclamar [risos], confidenciou durante a entrevista.

Share

Related posts