Lytron
My Partner

Cruzeiro é tetracampeão

Cruzeiro bate Goiás em Mineirão alagado e confirma 4º título

Com duas rodadas de antecedência, o Cruzeiro é tetracampeão brasileiro. O time celeste confirmou o título do campeonato de 2014 neste domingo (23) ao vencer o Goiás por 2 a 1, no Mineirão, em um jogo que prejudicado pelo estado alagado do gramado. Com gols de cabeça de Ricardo Goulart e Everton Ribeiro, a equipe da casa fez a festa da torcida que lotou o estádio e mostrou sua supremacia nos pontos corridos pelo segundo ano consecutivo.

Com o triunfo, o Cruzeiro subiu para 76 pontos na tabela, superando a campanha do ano passado e ficando inalcançável para o vice-líder São Paulo – que venceu o Santos e chegou a 69 pontos, com apenas duas rodadas faltando. Já o Goiás, que descontou com um gol de Samuel, tem 44 pontos e está quase livre do risco de rebaixamento.

A chuva forte que caiu sobre o Mineirão encharcou o gramado e atrapalhou o futebol. Em muitos lances, os atletas precisaram substituir a troca de passes por lançamentos e chutões. O Cruzeiro saiu na frente com Ricardo Goulart, tomou o empate na bola parada com Samuel e, no segundo tempo, Everton Ribeiro fez o gol que definiu a vitória e o título.

Com a conquista, o Cruzeiro chega ao seu quarto título brasileiro – venceu a Taça Brasil em 1966, além do Campeonatos Brasileiros de 2003, 2013 e 2014. Acima do time mineiro, estão apenas Corinthians (cinco títulos), São Paulo (seis), Flamengo (seis), Palmeiras (oito) e Santos (oito).

Os números do campeão também impressionam. O Cruzeiro que voltou a sobrar neste ano – é o líder desde a sexta rodada – alcançou 76 pontos em 36 jogos. Caso vença uma das duas partidas que ainda tem pela frente, a Raposa terá para si o recorde de pontuação no Campeonato Brasileiro de pontos corridos desde que a competição passou a contar com 20 clubes; a atual melhor campanha é a do São Paulo de 2006, que somou 78 pontos.

A esperada pressão veio logo no início: troca de passes na tentativa de vencer a eficaz marcação rival e paciência para transpor o bem postado Goiás. Se Marcelo Moreno falhou aos 8min, Ricardo Goulart fez justiça ao bom início de jogo do Cruzeiro. Cruzamento de Mayke e cabeçada perfeita do camisa 28, agora artilheiro do Brasileiro ao lado de Henrique, do Palmeiras. Cruzeiro 1 a 0, aos 12min.

Mas o Goiás, já sem risco de rebaixamento, não havia ido a Belo Horizonte apenas para se defender. A opção de Ricardo Drubscky por uma referência na área, com Samuel, se mostrou acertada. David cobrou falta, a zaga cruzeirense falhou e o camisa 9, com extrema liberdade, dominou e finalizou sem qualquer chance para Fábio, empatando a partida.

O Cruzeiro precisou de muita paciência para fazer o segundo gol, mas girou a bola, buscou espaços e trabalhou para balançar as redes. A espera terminou aos 17min do segundo tempo, quando Willian venceu a marcação e cruzou para Everton Ribeiro, que apareceu livre para testar firme e fazer o Mineirão explodir novamente.

Share

Related posts