Sebrae
Lytron
Census
My Partner
sensus

Desemprego nos EUA chega a 9,2%

Desemprego nos EUA chega a 9,2% e preocupa mercado

O crescimento do emprego nos Estados Unidos teve em junho seu pior desempenho em nove meses, elevando a taxa de desemprego para 9,2%. O número decepcionou o mercado e aumentou as preocupações sobre a lentidão da recuperação econômica do país.

O país gerou 18 mil empregos em junho, a menor leitura desde setembro de 2010, informou o Departamento de Trabalho nesta sexta-feira, bem abaixo da previsão do mercado de 90 mil vagas extras.

Já a taxa de desemprego subiu para 9,2%, a maior desde dezembro passada e 0,1 ponto percentual maior do que a de maio.

O governo revisou ainda os dados de abril e de maio, mostrando que há 44 mil empregos a menos do que nas leituras preliminares.

O setor privado contratou 57 mil pessoas em junho, enquanto o governo reduziu seu contingente em 39 mil vagas, em razão de problemas fiscais.

Os empregos na indústria aumentaram em 6.000 após terem registrado em maio a primeira queda em sete meses.

Na construção, houve fechamento de 9.000 vagas, após os 4.000 postos perdidos no mês anterior.

A economia precisa gerar entre 125 mil e 150 mil empregos apenas para absorver pessoas que entram na força de trabalho.

Share

Related posts