Lytron
Census
Sebrae
My Partner
sensus

Jogar futebol é mais ‘saudável’ do que corrida e musculação

Entre os benefícios do futebol estão a diminuição dos riscos de doenças cardíacas, já que ele reduz a pressão sanguínea e os níveis de colesterol, além de ser um ótimo exercício para perder peso. Principalmente pela maneira como age no coração, o futebol é melhor que levantar pesos nas academias ou sair para uma corrida.
Para um dos estudos que fizeram parte da pesquisa, os cientistas pediram que 47 homens com pressão alta jogassem futebol ou corressem. A equipe que optou por jogar futebol apresentou uma diminuição na pressão alta duas vezes maior do que aqueles que correram. Ambos os grupos perderam, na média, o mesmo peso, mas entre aqueles que jogaram futebol o nível de colesterol baixou – o que não se viu no grupo que correu.

De acordo com Peter Krustrup, pesquisador da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, que esteve envolvido no projeto, o futebol é eficiente em combater fatores de risco associados a doenças cardiovasculares devido a sua natureza, que ajuda a conquistar uma forma física saudável e a queimar gordura.

“Já sabemos que a inatividade física é um importante fator de risco no desenvolvimento de doenças do coração. Mas é uma novidade para nós saber que um esporte tão prazeroso como o futebol pode ser tão eficaz no tratamento da pressão alta”, afirmou Krustrup. Segundo ele, após a realização da pesquisa, o futebol pode passar a ser indicado no tratamento de doenças cardiovasculares.

Os resultados da pesquisa foram publicados no Scandinavian Journal of Medicine and Science in Sports.

Meta Número UM: Praticar esportes em 2011

Começo de ano é sempre assim: um clima de mudança, de definição de metas, de motivação. A grande maioria das pessoas sempre diz: “este ano eu vou deixar de ser sedentário”. Então, visita academias, pesquisa preços e, por fim, matricula-se. Vai um dia, dois, no terceiro fica com preguiça e, na segunda semana, desiste.
Mas quando você persiste e continua fazendo exercício físico, começa a sentir as diferenças no corpo, na mente e na disposição e pensa: “poxa, esse negócio tá me fazendo bem”. Se você também quer ficar em forma em 2011, veja algumas dicas motivacionais para ajudar:

•  Tente achar um esporte que você admire e goste. Nem sempre é o mesmo que seu amigo ou que a maioria das pessoas faz. Por exemplo: tenho uma irmã que se declarava sedentária com orgulho. Depois de muita insistência para ela se mexer, voltou a fazer Ballet para manter a forma. E, mesmo depois de velha, está adorando.
•  Exercite-se, mesmo com preguiça. Obrigue-se, de verdade. Eu também tenho preguiça e é justamente nestes dias que eu encontro no parque exemplos de motivação: deficientes visuais, amputados, cadeirantes…
•  Converse com as pessoas sobre o que você faz. Assim, você descobre o quanto você está gostando ou não da prática.
•  Procure um grupo de pessoas que faz o mesmo que você. Sempre é mais motivador encontrar pessoas do que praticar sozinho. Até mesmo porque a paixão deles pelo esporte pode te despertar e motivar ainda mais!
•  Preste atenção no seu corpo e em você mesmo, tanto durante a prática ou no dia-a-dia. É desta forma que você acaba se conhecendo melhor, vendo a sua evolução e as diferenças de antes e depois de começar a praticar.
•  Procure orientação profissional SEMPRE! Para algumas práticas, como tênis ou artes marciais, é até natural, devido à exigência técnica. Contudo, até mesmo para corrida, bike ou natação é preciso ajuda de um profissional para evitar lesões.
•  Comece agora, seja segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado ou domingo.
•  Dê esse tempo de prática de esporte como um presente para si mesmo. Durante a prática, são alguns minutos ou horas que você tira do seu trabalho, do seu sono, dos seus amigos, dos estudos, mas que se tornarão única e exclusivamente seus. Assim, você consegue aperfeiçoar o tempo restante, dormindo melhor, menos estressado e, consecutivamente, mais feliz!

Share

Related posts