Sebrae
Census
My Partner
Lytron
sensus

No G-20, Lula defende alternativa ao dólar

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quinta-feira, 11, a discussão de alternativas ao dólar como moeda usada nas transações comerciais.

Ao chegar em Seul, para a reunião do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), que tratará de temas da economia global, o presidente voltou a criticar o que chamou de “guerra cambial”, travada principalmente por Estados Unidos e China.

“Nossa principal briga é com os Estados Unidos e a China. Não dá para continuar do jeito que está com a guerra cambial”, afirmou o presidente, segundo informações da Agência Brasil.

Ao defender a retomada do debate sobre alternativas ao dólar no comércio global, Lula lembrou que os países que compõem o Bric –Brasil, Rússia, Índia e China– já vêm tratando do assunto.

“Desde o ano passado, estamos chamando o Bric para substituir o dólar nas transações. É um trabalho de convencimento”, comentou.

Lula aconselhou ainda o governo de sua sucessora Dilma Rousseff, que assume em 1o de janeiro, a buscar aumentar o comércio exterior do país e disse que o governo precisam atuar como “mochileiro”.

“A gente não venderá, se ficar em Brasília chorando. A gente tem de colocar nossos produtos como se estivessem em uma mochila”, disse o presidente, de acordo com a agência estatal.

Share

Related posts