Lytron
Sebrae
sensus
Census
My Partner

Furacão Igor ganha força e se transforma em categoria 4

A tempestade tropical Igor ganhou força durante o fim de semana e se transformou num furacão de categoria 4, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Ao mesmo tempo formou-se Julia, a décima tempestade tropical da temporada, que neste momento atinge o ponto máximo com a formação de muitos fenômenos do tipo.

A tempestade Julia se encontra a 175 quilômetros ao sul das ilhas de Cabo Verde e o NHC estima que continuará aumentando sua intensidade até se transformar em um furacão com trajetória noroeste.

O Igor se encontra em pleno oceano Atlântico a 1.620 quilômetros das Antilhas menores, na região do Caribe, na latitude 17,6 graus norte e a longitude 47,8 graus oeste, e se movimenta a 20 km/h em direção oeste.

O NHC indicou em boletim que se espera que o Igor siga uma trajetória noroeste com o que passaria a certa distância das Antilhas menores, mas não ameaça nenhuma das ilhas do Caribe.

Ainda não foi emitida nenhuma advertência nem alerta de perigo de furacão.

A tempestade Julia traz ventos de 65 km/h e foi emitido uma vigilância de perigo para o sul das ilhas de Cabo Verde.

Desde que começou a temporada do Atlântico em 1º de junho se formaram dez tempestades tropicais e quatro furacões, incluindo Julia e Igor.

Estima-se que o Igor possa se transformar num furacão de categoria 5 ainda nesta segunda-feira, com ventos de mais de 249 km/h e capacidade de destruição em grandes proporções.

Projeções digitais, no entanto, mostram que o furacão não deve deixar o Atlântico nos próximos dias. De acordo com estas estimativas a tempestade não deve passar próximo ao golfo do México e nem ameaça ilhas do Caribe.

Share

Related posts